Saúde

18 de maio de 2020 20:51

Governador Renan Filho fala em intensificar o isolamento social em Alagoas

Governador também comentou que mais três centrais de triagem serão abertas no interior do estado

↑ Renan Filho (Foto: Sandro Lima / Arquivo)

O governador de Alagoas, Renan Filho, concedeu entrevista coletiva on-line na noite desta segunda-feira (18) e falou sobre a situação da pandemia do novo coronavírus no estado. O governador disse que, na próxima quarta-feira (20), poderá endurecer as restrições do isolamento social em Alagoas, já que o número de infectados pela Covid-19 nos municípios não para de aumentar.

“Hoje foi um dia muito importante. Nós abrimos a segunda Central de Triagem em Maceió, no Benedito Bentes [parte alta da cidade]. Quero agradecer ao Shopping Pátio pela oportunidade de fazer uma central lá”, comentou o governador no início da coletiva de imprensa.

Renan Filho também falou que, provavelmente na próxima semana, mais uma Central de Triagem de pacientes com síndromes gripais será aberta no bairro do Jacintinho. “Na próxima quinta-feira (21), também vamos entregar o hospital de campanha no Centro de Convenções [no bairro de Jaraguá], que ofertará 150 leitos clínicos”, disse.

Com 4.031 casos confirmados em Alagoas do novo coronavírus e 221 mortes provocadas pela Covid-19, Renan Filho afirmou que os próximos passos serão endurecer o isolamento no estado.

“É fundamental que o cidadão compreenda a necessidade de ficar em casa. Sobre o lockdown, o governo está avaliando todas as situações. Nós vamos verificar todos os detalhes para, na quarta-feira, tomar a decisão para seguirmos adiante”, afirmou, dizendo também que já existe um protocolo para um possível lockdown em Alagoas.

O governador disse que há uma certeza: novas medidas deverão ser tomadas para ampliar o isolamento, pois muitas pessoas estão adoecendo e cada vez mais os hospitais estão com dificuldades para absorver essa demanda.

“A taxa de ocupação de leitos caiu justamente porque o Estado entregou o Hospital Metropolitano, mas isso não significa que não precisamos manter as medidas de isolamento social, pelo contrário. Precisamos intensificá-las. Não há razoabilidade em o Estado construir muitos leitos e todo mundo adoecer ao mesmo tempo”, afirmou Renan.

O governador de Alagoas também comentou que mais três centrais de triagem serão abertas no interior do estado, nos municípios de Arapiraca, Santana do Ipanema e Porto Calvo.

Fonte: Texto: Rívison Batista

Comentários

MAIS NO TH