Polícia

16 de junho de 2021 18:02

Major Josiene é a primeira mulher a assumir comando do BPRv de Alagoas

Solenidade foi um marco, pois fato é inédito desde a criação do Batalhão Rodoviário em 2003

↑ Cerimônia de passagem de comando aconteceu na sede do batalhão (Foto: Ascom PM/AL)

A passagem de Comando é uma cerimônia militar que marca a transmissão do cargo de comandante de uma Organização Policial Militar (OPM). Durante a manhã desta quarta-feira (16) aconteceu a passagem de comando do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), do tenente-coronel Everaldo Liziário à major Josiene Lima. A solenidade foi um marco, pois é a primeira vez desde a sua criação em 2003, que uma mulher comandará a Unidade Especializada.

O Comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel Wellington Bittencourt, esteve presente na solenidade e destacou a importância da valorização das policiais femininas. “Nosso objetivo é valorizar a nossa tropa e manter os valores da nossa instituição. Quero parabenizar a Major Josiene por sua competência e que sei que ela assume o comando do BPRv para somar ainda mais com o nosso trabalho” ressaltou o coronel.

Além do Comandante-geral, participaram do evento o Subcomandante-geral da PM/AL, coronel Thúlio Emery, o Comandante do Comando de Policiamento do Interior, coronel Lucena, os Comandantes do CPAI/I, do CPAI/II, do Centro de Formação a Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e da 4ª Companhia de Polícia Militar Independente (CPM/I).

O agora ex-comandante do BPRv, tenente-coronel Everaldo Liziário, aproveitou a solenidade para agradecer ao Comandante-geral e à tropa pela sua passagem no comando da Unidade. “Foi um orgulho ter comandado o Batalhão Rodoviário” afirmou o oficial superior que agora assume o cargo de Subcomandante do Comando de Policiamento da Capital.

Também estiveram presentes na cerimônia a Banda de Música da PM/AL, um pelotão do BPA e um pelotão da 4ª CPM/I, além de representantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e da Agência de Regulação de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal).

A Comandante

Nascida em Penedo, a major Josiene Lima incorporou na PM/AL em 05 de março de 2001, fez o Curso de Formação de Oficial na Academia de Polícia Militar Arnom de Mello (APMSAM), e foi declarada aspirante-a-oficial em 12 de dezembro de 2003. Fez o mestrado profissional em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública no Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais na Academia do Barro Branco da Polícia Militar do Estado de São Paulo. É graduada em Relações Públicas pela Universidade Federal de Alagoas; especialista em Comunicação Empresarial pelo Centro de Ensino Superior de Maceió; em Gestão da Comunicação e Marketing Institucional pela Universidade Castelo Branco; em Comunicação Social e em Coordenação Pedagógica, ambos pelo Centro de Altos Estudos do Exército Brasileiro.

Foi Chefe do Núcleo de Relações Públicas e Ações Sociais da Assessoria de Comunicação da PM/AL, serviu no 5º BPM e no Batalhão de Eventos (BPE), assumiu o cerimonial do Tribunal de Justiça de Alagoas, foi Ajudante de Ordens do Comando Geral da PM/AL, Diretora da Divisão Técnica do Colégio da Polícia Militar, Chefe da Seção Técnica de Ensino do CFAP, Diretora da Divisão Técnica da APMSAM e Subcomandante do CFAP.

A mulher na Briosa

O primeiro passo na trajetória da figura feminina na PM de Alagoas foi em 1988. As pioneiras ao oficialato foram enviadas para se qualificarem nos estados de Pernambuco e Minas Gerais, retornando no ano de 1990 para exercerem suas funções na segurança pública. À época, ainda não havia Academia de Polícia em Alagoas. Já em 1989, um grupo de 35 mulheres finalizou o primeiro Curso de Formação de Soldados Femininos (CFSd Fem) e outras 11 guerreiras concluíram o de Formação de Sargentos Femininos (CFS Fem). Era a primeira vez que cursos, neste formato, ocorriam em terras alagoanas — tornando-se um marco na história da Corporação.

Atualmente a PM-AL possui 1.133 policiais femininas na ativa, incluindo as que estão de licenças, à disposição de instituições ligadas à Segurança Pública e também as que estão distribuídas no policiamento ostensivo e na atividade administrativa em todas as áreas da Corporação. Esse total representa aproximadamente 15,4% do efetivo total.

Além da Major Josiene, que está à frente do BPRv, há também outras mulheres em cargos de comando na PM de Alagoas, como por exemplo, a major Danielle Assunção e a tenente Priscila Cavalcante, que chefiam as patrulhas Maria da Penha de Maceió e Arapiraca, respectivamente, inclusive com bons resultados contra a violência doméstica, e a Capitã Danilva, comandante da 3ª CPM/I, sediada em Paripueira.

Fonte: Ascom PM/AL

Comentários

MAIS NO TH