Interior

10 de julho de 2021 10:26

Rede hoteleira de Arapiraca aguarda com expectativa Rally dos Sertões

Cerca de 300 competidores, turistas e empresários são esperados na cidade

↑ Foto: Davi Salsa

Conhecida nacionalmente pela força de seu comércio e da vocação para a agricultura familiar, a cidade de Arapiraca tem investido, nos últimos anos, no turismo de negócios e de eventos para alavancar ainda mais sua economia.
No próximo mês de agosto, a Capital do Agreste vai sediar a 29ª edição do Rally dos Sertões, a maior competição off-road das Américas, que tem início no dia 22 de agosto.

Cerca de 300 competidores, turistas e empresários são esperados na cidade. O comércio local já está preparado, bem como o setor de serviços e a rede hoteleira aguardam com expectativa a chegada de aproximadamente dois mil visitantes de várias partes do Brasil.

O empresário Gustavo Vital, sócio-proprietário do Hotel Insinuante, em Arapiraca, revela que o empreendimento, localizado às margens da Rodovia AL-220, no perímetro urbano da cidade, conta com 46 apartamentos para acolher os esportistas e visitantes.

“Também sou apaixonado pelo mundo offroad. Desde que me entendo de gente, pratiquei motociclismo offroad por vinte e cinco anos. Parei de praticar ano passado, mas estou sempre em contato com tudo que engloba esse esporte”, salienta o empresário.

Mais de 80 motos, 84 carros, UTVs (quadriciclos), picapes e dezenas de veículos de grande porte irão desembarcar em Arapiraca, onde será montada estrutura, com o apoio da prefeitura, por meio de portais na entrada e saída da cidade para a chegada das máquinas.

A principal competição off-road das Américas vai ser percorrida em sete estados da Região Nordeste.

Serão dez dias de competição e 3.524 km de percurso total, sendo 60% de trechos cronometrados, ou 2.164 km, no principal cenário da prova, a caatinga, um bioma 100% brasileiro.

O diretor de Produção Fernando Garcia revela que o Rally dos Sertões terá a cobertura de 200 jornalistas, que divulgarão as nove etapas da competição, bem como as belezas naturais da região e as ações sociais e educativas que serão realizadas, a exemplo da coleta seletiva, atendimentos médicos, concurso de redação com crianças, o programa Carbono Zero, entre outras atividades.

Fonte: Tribuna Hoje / Texto: Davi Salsa

Comentários

MAIS NO TH