Esporte

19 de julho de 2019 00:32

Paraná vence Brasil-RS, encaixa sequência e entra no G4

Time paranista abriu contagem aos 32 minutos

↑ Imagem: Ilustração

O Paraná Clube engatou a quarta vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro ao bater o Brasil de Pelotas por 1 a 0, em pleno Estádio Bento Freitas, entrando para o G4 da competição. Com o resultado, o Tricolor chegou aos 19 pontos, na terceira colocação, com a mesma pontuação dos dois primeiros colocados. Já o Xavante, com 12 pontos, é o 11° colocado.

O time paranista abriu a contagem aos 32 minutos, com Fernando Neto, que apareceu na área para desviar cobrança de escanteio de João Pedro.

Na próxima rodada, o Brasil de Pelotas encara o Sport, segunda-feira, na Ilha do Retiro, no Recife. Já o Paraná vai a Florianópolis, onde enfrenta o Figueirense, na terça-feira.

Jogo – A equipe Xavante mostrou seu cartão de visitas logo aos dois minutos com Grampola recebendo na entrada da área após falhas da defesa paranista e soltando a bomba para Eduardo Bauermann se recuperar e cortar o perigo na hora exata. A resposta veio aos cinco minutos, com João Pedro, que abriu espaço e bateu de longe, por cima da meta. Os primeiros minutos foram de equilíbrio em campo.

Brasil no ataque, aos 14 minutos, com Murilo Rangel cobrando falta para Washington, que desviou para fora. O ritmo inicial caiu, com as marcações prevalecendo sobre os ataques. O time da casa chegou a balançar as redes, aos 27 minutos, com Branquinho aproveitando sobra de bola para empurrar para as redes. O árbitro, no entanto, anulou o lance para marcar impedimento.

O Tricolor da Vila cresceu na partida e, aos 31 minutos, Bauermann recebeu na área e obrigou Eduardo a deixar a meta para interceptar. Mas, aos 32 minutos, João Pedro cobrou escanteio e Fernando Neto, livre, apareceu para desviar e abrir o placar no Bento Freitas. Fernando teve mais uma chance para ampliar, aos 40 minutos, para a cabeçada foi pela linha de fundo. O Paraná também teve gol anulado, aos 44 minutos, com João Pedro, que não estava impedido no lance.

Para a segunda etapa, a equipe xavante voltou com uma alteração. Diogo Oliveira, meia, entrou no lugar de Washington, volante. A partida voltou morna, com as duas equipes apresentando dificuldade no setor de criação. Aos 10 minutos, Diogo Oliveira aproveitou rebite para acertar um belo chute, mas pela linha de fundo. O Brasil começou a ensaiar uma pressão e, aos 15 minutos, Grampola aproveitou cruzamento para subir e cabecear no travessão.

Bruno Paulo partiu para a jogada individual, aos 21 minutos, limpou a marcação e chutou pra fora, com perigo. O Paraná se defendia como podia para tentar garantir mais uma vitória. Aos 30 minutos, Elias desceu pela direita, tirou a marcação e cruzou para muito longe do objetivo. Leandro Leite, aos 33 minutos, arriscou o tiro de longe e a bola subiu demais.Fernando Neto gostou da ideia e também mandou o chute de longe para boa defesa de Carlos Eduardo. O Tricolor quase matou a partida aos 44 minutos, em chute cruzado de Ramón.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários