Esporte

25 de maio de 2017 01:29

Flamengo vence o Atlético-GO e vai às quartas de final

Time dirigido por Zé Ricardo foi dominado durante a maior parte do jogo, mas contou com a boa atuação do goleiro Alex Muralha

Depois de empatar o jogo de ida por 0 a 0, o Flamengo garantiu a classificação às quartas de final da Copa do Brasil ao derrotar o Atlético-GO por 2 a 1, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Serra Dourada. Os gols da equipe carioca foram marcados por Paolo Guerrero e Matheus Sávio, enquanto Jorginho descontou para a equipe da casa.

O Flamengo não realizou uma grande partida. O time dirigido por Zé Ricardo foi dominado durante a maior parte do jogo, mas contou com a boa atuação do goleiro Alex Muralha e com a falta de pontaria dos atacantes da equipe goiana.

O time carioca ainda não conhece seu rival na próxima fase da competição nacional. Isso porque, pelo novo regulamento da CBF, os próximos confrontos serão definidos após a realização de um sorteio na sede da entidade, no Rio de Janeiro, assim que as oitavas de final terminarem.

O jogo –  O Atlético-GO começou a partida no ataque, mas, antes dos dez minutos, sofreu uma baixa. O lateral direito Jonathan se lesionou e o técnico Marcelo Cabo queimou a primeira substituição, colocando Eduardo em campo.

Logo aos 12 minutos, o Flamengo marcou o primeiro gol. Após lançamento na área, Rodinei desviou de cabeça e Paolo Guerrero completou para as redes, colocando a equipe carioca na frente.

Só aos 17 minutos é que o time da casa conseguiu criar uma boa jogada de ataque. O atacante Everaldo chutou forte e obrigou Alex Muralha a fazer uma grande defesa para evitar o empate. Como o Flamengo recuou, o Atlético-GO ganhou espaço para adiantar sua equipe e passar a pressionar em busca do gol do empate. Aos 26 minutos, Júnior Viçosa lançou Everaldo, que acertou a trave da equipe carioca.

A pressão continuou e, aos 27 minutos, a equipe goiana marcou o gol do empate. Após cobrança de lateral de Eduardo, Everaldo desviou e Jorginho entrou para cabecear e deixar tudo igual no marcador.

Depois da igualdade, o jogo caiu de ritmo, já que as duas equipes se preocupavam mais com a marcação do que com a criação de jogadas ofensivas. Mesmo assim, o Atlético-GO mostrava um pouco mais de agressividade do que o adversário. Como o resultado garantia a classificação, a equipe dirigida por Zé Ricardo não se arriscava.

Aos 40 minutos, Jorginho cruzou e Júnior Viçosa cabeceou com muito perigo para o gol de Alex Muralha. Logo depois, o goleiro do Flamengo fez boa defesa em outra conclusão de Viçosa.

Aos 46 minutos, Alex Muralha voltou a aparecer bem, defendendo em dois tempos uma cabeçada de Júnior Viçosa. Um minuto depois, o arqueiro salvou o Flamengo mais uma vez, espalmando para escanteio o chute de Luiz Fernando, no último lance importante do primeiro tempo.

Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo, e o Flamengo tentou retomar o controle da partida, mas o Atlético-GO seguiu aproveitando as falhas de marcação da equipe carioca para pressionar. Aos quatro minutos, Júnior Viçosa chutou com muito perigo, mas a bola saiu.

O Flamengo apareceu na área goiana aos oito minutos. Após cruzamento de Trauco, Réver cabeceou forte e Felipe fez boa defesa. A resposta da equipe goiana veio aos 12 minutos, quando Igor mandou a bomba e Alex Muralha teve que se esticar para fazer outra boa defesa. Três minutos depois, o Atlético-GO criou outra boa chance, com um voleio que assustou o goleiro do Flamengo. Logo depois, foi a vez do zagueiro Roger Carvalho concluir com perigo.

A equipe da casa seguia pressionando, e o time da Gávea mostrava muita dificuldade para segurar a pressão do adversário e chegar na área defendida por Felipe. Para tentar melhorar o setor ofensivo, Zé Ricardo trocou Trauco por Mancuello, e, aos 23 minutos, Renê recebeu de Guerrero e chutou forte para defesa parcial de Felipe. O camisa 9 tentou aproveitar o rebote, mas o árbitro marcou impedimento do peruano.

Muito apagado, Rodinei acabou deixando a partida, substituído por Matheus Sávio. Aos 31 minutos, o Atlético-GO desperdiçou nova oportunidade. Jorginho fez bom lançamento para Júnior Viçosa, que bateu forte e encobriu o travessão.

Depois de desperdiçar tantas chances, o time goiano acabou sendo castigado. Aos 34 minutos, Matheus Sávio marcou o segundo gol do Flamengo. O atacante carioca chutou cruzado, a bola bateu em Marcão e enganou o goleiro Felipe. O árbitro deu o gol para o jogador do Rubro-Negro.

Com a classificação praticamente assegurada, o time carioca apenas administrou a vantagem até o final, enquanto o Dragão desanimou depois de sofrer o segundo gol e entregou os pontos.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários