Esporte

19 de novembro de 2016 20:34

CRB perde do Brasil em Pelotas e cumpre tabela na última rodada da Série B

Galo ficou estacionado na sétima posição e o time gaúcho em 12º

Brasil e CRB entraram em campo neste sábado sem chances de subir. O time alagoano foi pego pela matemática mais cedo, depois da vitória do Bahia. Em Pelotas, a partida foi aberta, com chances de lado a lado, mas o Xavante foi premiado por pressionar mais o adversário. Aos 30 do segundo tempo, numa jogada confusa, Leandro Camilo fez o gol da vitória do Brasil, por 1 a 0. Em seguida, o zagueiro se estranhou com Neto Baiano e foi expulso de campo.

As posições não se alteraram na classificação. O Brasil segue em 12º lugar, agora com 53 pontos, e o CRB ficou nos 55, em sétimo. Sábado, pela última rodada da Segundona, o Galo recebe o Luverdense no Rei Pelé, em Maceió, às 17h30 (de Brasília). Nos mesmos dia e horário, o Xavante vai jogar na Ressacada, em Florianópolis, contra o Avaí.

Primeiro tempo

O jogo começou quente. Logo aos 4 minutos, depois de boa troca de passes do Brasil, Nathan apareceu na cara do gol. Júlio fechou o ângulo e fez ótima defesa. Na sequência, Ramon passou por Júlio, mas a defesa do CRB pressionou na marcação e evitou o gol do time xavante. Aos poucos, o Galo foi conquistando espaço no ataque. Aos 10, Bocão colocou a bola na cabeça de Neto Baiano, que apareceu livre no segundo pau. O centroavante cabeceou certinho, para baixo, e Eduardo Martini fez um milagre.

Aos 24, Neto fez muito bem o pivô e serviu a Glaydson, que bateu com violência. O goleiro do Brasil pegou em dois tempos. A resposta do time xavante veio com Marlon, que cortou a marcação e bateu no cantinho. Júlio defendeu mais uma, aos 35. Aos 41, Marcos Martins, do CRB, bateu falta com veneno, e a bola passa por todo mundo. Quase entrou.

Segundo tempo

O Brasil pressionou o CRB no início da etapa final. Fechado, o time alagoano tinha a proposta clara de se defender e contra-atacar em velocidade. Numa dessas escapadas, Welinton Júnior apareceu livre pela direita e cruzou. Ninguém aproveitou.

O jogo ficou morno, mas, aos 30 minutos, o gol saiu. Foi chorado, mas saiu. Marlon bateu escanteio pela direita, Júlio Cesar saiu em falso e Leandro Camilo colocou o Brasil na frente. Três minutos depois, o próprio Leandro deixou o braço em Neto Baiano, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Mesmo com um homem a mais, o CRB não criou nenhuma oportunidade.

Brasil de Pelotas teve domínio territorial no segundo tempo (Foto: Carlos Insaurriaga / G. E. Brasil)

Fonte: Globo Esporte

Comentários