Cidades

2 de dezembro de 2020 18:48

Sedetur realiza famtour com agentes de viagens argentinos

Com certificação internacional de segurança, Alagoas recebe profissionais para visita técnica que aborda principais pontos turísticos, rede hoteleira e adequação aos protocolos sanitários.

↑ Foto: Assessoria

Com a reabertura da fronteira da Argentina para países da América Latina e a retomada gradual da atividade turística, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) de Alagoas promove um famtour com agentes de viagens argentinos pelos principais pontos turísticos do estado, visando fomentar o fluxo turístico entre os dois destinos. O país vizinho é o principal emissor de turistas internacionais para as terras alagoanas.

Em parceria com a operadora argentina All Seasons e a Luck Receptivo de Maceió, 10 agentes que atuam nas principais cidades argentinas, como Buenos Aires e Córdoba, conheceram cidades como Maceió, Marechal Deodoro e Maragogi em uma programação de seis dias que estendeu por terras alagoanas até esta terça-feira (01). Carneiros e Porto de Galinhas, em Pernambuco, também recebem os profissionais.

Além dos principais pontos e atrativos turísticos, os agentes também fizeram visita técnica a hotéis de todos os destinos, além de vivenciar experiências culturais e gastronômicas. Os profissionais receberam também kits da campanha Alagoas Te Faz Feliz, do governo do estado, com material promocional. Os protocolos sanitários implantados em todos segmentos do turismo em Alagoas, já validados com a certificação internacional do selo Safe Travels, da WTTC, também foram conhecidos pelos profissionais na prática.

Para o gestor da Sedetur, secretário Rafael Brito, esta ação é essencial para consolidação do Destino Alagoas no mercado argentino. “Estamos empenhados desde o início da pandemia em promover o turismo, atividade tão importante à economia alagoana, de forma segura e responsável. Trazer os agentes argentinos para cá para que eles conheçam in loco não só as nossas belezas naturais e atrativos ao ar livre, mas também a forma como estamos conduzindo a pandemia e nos adequamos – em todos os segmentos envolvidos com o turismo – à esta nova realidade, é importantíssimo para a atividade. Estes profissionais irão relatar aos seus clientes o quanto estamos prontos para recebê-los e, certamente, estes irão escolher por Alagoas em suas próximas viagens”, ressaltou.

Os trechos aéreos entre Maceió e Buenos Aires, capital do país portenho, têm sido comercializados com escala curta em São Paulo pelas principais companhias aéreas do Brasil e da Argentina. Em 2019, o fluxo de turistas argentinos representou 90% do fluxo de passageiros internacionais do Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, considerado principal porta de entrada de turistas no estado.

Fonte: Ascom Sedetur

Comentários

MAIS NO TH