Cidades

18 de julho de 2017 08:21

Cidades alagoanas registram temperaturas abaixo da média

Semana é considerada a mais fria pela Semarh; Arapiraca apresentou 15ºC nesta segunda-feira

A previsão meteorológica para os próximos dias é de temperaturas baixas durante a noite e a madrugada segundo informações do meteorologista Vinícius Nunes Pinho, da Sala de Alerta da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado (Semarh).

De acordo com a Semarh, o fenômeno acontece por conta da nebulosidade registrada durante o dia, que acaba impedindo que o sol aqueça a atmosfera. Segundo o meteorologista, é esse fenômeno que deixa as madrugadas frias. Vinícius ressalta que durante o dia a temperatura aumenta.

Desde final da quadra chuvosa, período que corresponde aos meses de abril e julho as baixas temperaturas vem sendo registradas no Estado. Mas, está semana, já está sendo considerada a mais fria, segundo a Sala de Alerta da Semarh.

Nesta segunda -feira (17), o município de Arapiraca, no Agreste do estado registrou durante a madrugada 15,1ºC, a menor temperatura dos últimos anos, que normalmente registra mínimas entre 18 e 20 graus neste período.

Vinícius disse que em julho o tempo fica mais frio. “Porém, este ano as temperaturas estão mais baixas. Já durante o dia, elas elevam e isso faz com que a umidade aumente. Em Arapiraca, por exemplo, foram registrados 99% de umidade”, informou.

Palmeira dos Índios, Quebrangulo e Maceió também tiveram temperaturas abaixo da média. 16,3ºC, 17ºC e 18,8ºC respectivamente.

Ainda de acordo com o órgão, a previsão é de madrugadas com frio intenso durante os próximos dias. Mas, apesar da queda na temperatura, não há indícios de forte chuva. O meteorologista explica que em algumas regiões, a queda na temperatura pode causar até nevoeiro, os chamados “Ponto de Orvalho”.

A Semarh ressaltou que desde a última sexta-feira (14), alguns municípios já vinham apresentando temperaturas baixas. Em Delmiro Gouveia, por exemplo, os termômetros marcaram 15,3 graus, a menor do estado. Arapiraca (16,2 ºC), Palmeira dos Índios ( 16,4 ºC) e Maceió (17,4 ºC) também tiveram temperaturas baixas.

“Durante o dia da última quinta, o tempo ficou encoberto e com bastante nebulosidade em praticamente todo estado. Isso fez com que a radiação solar chegasse até a nuvem e refletisse para o espaço. Uma parte dessa radiação foi absorvida pela nuvem e só uma pequena parte ultrapassou a nuvem e atingiu o continente, aquecendo durante o dia, por isso que as temperaturas máximas ficaram amenas na última sexta nessas regiões. Também houve registro de queda em municípios do Sertão e Sertão do São Francisco”, explicou Pinho.

A jornalista Vilcéia Melo que reside em Arapiraca disse que não se lembra de ter vivido um inverno de temperaturas tão baixas na cidade. “Apesar das chuvas mais escassas, a o clima está bem frio. Aqui para o Agreste é uma novidade. A gente tinha chuva, mas não muito frio. Desde que nasci não me lembro de ter vivido um inverno assim. Não é um frio daqueles que impossibilitam a gente de sair de casa, mas temos que sair com casaco. Eu mesmo que sou friorenta saio com um e desligo o ar-condicionado no trabalho. Hoje [ontem] acordei as quatro da madrugada e estava muito frio. Pelo dia, foi sol e a gente já ficou feliz”.

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH