Cidades

24 de janeiro de 2017 22:27

Ressocialização realiza operações simultâneas em cinco presídios de Alagoas

Além de retirar itens ilícitos, atuação conjunta entre as forças de segurança foram fundamentais para transferência de 252 reeducandos

Mais uma operação foi concluída com êxito no Complexo Penitenciário alagoano. Seguindo as diretrizes do secretário de Estado da Ressocialização e Inclusão Social, tenente-coronel PM Marcos Sérgio de Freitas, nesta terça-feira (24), agentes penitenciários, policiais civis e militares e bombeiros militares atuaram de forma integrada para garantir a ordem e disciplina nos presídios alagoanos.

Em mais uma demonstração de controle das unidades prisionais, as forças de segurança do Governo do Estado atuaram simultaneamente em cinco presídios. Foram feitas revistas gerais para retirar e coibir atos ilícitos no Baldomero Cavalcanti, Cyridião Durval, Presídio de Segurança Máxima, Casa de Custódia da Capital e Presídio do Agreste.

Em dois presídios ainda houve extração e transferência. Num processo de permuta, 126 reeducandos foram transferidos do Baldomero Cavalcanti para o Presídio do Agreste e outros 126 deram entrada na unidade localizada em Maceió.

Participaram da megaoperação agentes penitenciários do Grupamento de Escolta, Remoção e Intervenção Tática (Gerit), do Centro de Monitoramento Eletrônico de Presos (CMEP), das unidades e do Serviço de Inteligência.

Além das forças de segurança do sistema penitenciário, atuaram ainda policiais civis do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial  (Tigre), militares do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), Grupamento Aéreo, Pelotão de Operações Policias Especiais (Pelopes), Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap), além do Corpo de Bombeiros.

Ao final da operação, o secretário tenente-coronel Marcos Sérgio de Freitas destacou o apoio recebido pela Secretaria de Segurança Pública, que tem cedido militares e civis para somar esforços junto aos agentes penitenciários no combate à criminalidade. Ele ainda reafirmou o compromisso do Governo do Estado em manter a tranquilidade dos alagoanos.

“Nos últimos dias movimentamos mais de 1.300 homens nos presídios e retiramos de circulação vários itens que poderiam colocar em risco a integridade física dos agentes, apenados e visitantes. Nosso trabalho é incansável e permanente; não mediremos esforços para manter a segurança de todos dentro e fora dos presídios”, finaliza o secretário Marcos Sérgio de Freitas.

Comentários

MAIS NO TH