Esporte

7 de Abril de 2018 08:02

CRB x CSA: será tetra ou fim de jejum?

Galo entra com vantagem do empate para conquistar o título pela quarta vez; Azulão não comemora taça desde 2008

↑ CRB e CSA disputam jogo decisivo neste domingo (Foto: Gustavo Henrique / RCortez - Assessoria do CSA)

Rivais históricos, CRB e CSA entram em campo neste domingo, às 16h, no Estádio Rei Pelé, para mais uma decisão de Campeonato Alagoano. O Galo precisa apenas de um empate para chegar ao tetracampeonato e 31º título estadual, enquanto o Azulão terá a missão de vencer pelo placar mínimo ou levar a decisão aos pênaltis, alimentando o sonho pelo 38º título, após jejum desde 2008.

Do título do CSA até o ano passado, apenas em 2009 não houve a disputa de finais do Alagoano, pois o ASA se sagrou campeão estadual por vencer os dois turnos da competição. Nos outros nove campeonatos as finais foram definidas em duas partidas. Apenas em 2013 houve um resultado adverso para a equipe que venceu a primeira partida: o CSA venceu o CRB por 1 a 0 e levou a decisão do estadual para os pênaltis. Contudo, o Galo confirmou o título vencendo o Azulão nas cobranças de pênalti, por 4 a 3.

GALO

CRB tem dúvidas. O zagueiro Flávio Boaventura sofreu uma lesão muscular no adutor da coxa direita, passou por exame de imagem e não sabe se joga. O técnico Mazola Júnior deve escalar Everton Sena, que inclusive entrou na equipe na primeira partida da final. Uma baixa certa no time é o lateral-esquerdo Diego, suspenso.

As alternativas do técnico são duas. Pode colocar Manoel, que é da posição e está recuperado de lesão ou deslocar o meio-campista Juliano para a esquerda – ele jogou assim no ano passado, pelo Figueirense – e manter Ratinho no meio. Uma opção também é deslocar Edson Ratinho (ele jogou assim contra o Treze) para o setor e apostar em Serginho ou Rafael Bastos para o meio-campo.

Assim, a provável formação do Galo para domingo tem: João Carlos; Ayrton, Flávio Boaventura (Everton Sena), Anderson Conceição e Manoel; Feijão, Willians Fernandes, Edson Ratinho e Leílson; Willians Santana e Neto Baiano.

AZULÃO

CSA trabalha para contar com o centroavante Michel na final. Ele sofreu uma lesão no tornozelo, mas voltou a treinar nesta semana. O técnico Marcelo Cabo está preocupado com rendimento do ataque. Josimar até cria chances, mas está com a pontaria descalibrada. Fez um gol em nove jogos. Giva é uma opção. Jogou como homem de referência no último clássico, mas também não vive boa fase.

Atacante de velocidade, Taiberson precisa de ritmo. Entrou nos dois últimos jogos e pode ser uma alternativa para domingo no decorrer da partida.  Echeverría disputou as últimas partidas no ataque e também não foi muito efetivo.

Uma provável formação para enfrentar o CRB tem: Cajuru; Lennon (Celsinho), Xandão, Leandro e Rafinha; Yuri, Boquita, Didira e Daniel Costa; Echeverría e Michel (Josimar).

ARBITRAGEM

Wilton Pereira Sampaio, de Goiás, irá comandar o jogo que vale o título estadual.

O goiano apita o jogo e será auxiliado por Bruno Boschilia do Paraná e Bruno Raphael Pires de Goiás, todos do quadro FIFA. A quarta árbitra será Rejane Caetano da Silva do Rio de Janeiro e o analista será George Alves Feitoza, do quadro da CBF em Alagoas.

INGRESSOS

Os bilhetes são vendidos por R$ 20 (baixas), R$ 30(arquibancadas altas) e R$ 100 (cadeiras especiais). Torcida do CSA terá 30% dos lugares no Rei Pelé. Por ser mandante, o CRB terá 70% do público. Os pontos de venda são: lojas Poly Sport (Centro, Maceió Shopping e Shopping Pátio);  Arena das Torcidas (Jaituca, Serraria e Shopping Farol); Estande do Galo (Maceió Shopping); Loja do Azulão (Amélia Rosa) e Bar do Carlão (Trapiche).

Fonte: Tribuna Independente / Editoria de Esportes

Comentários

MAIS NO TH