Tecnologia

24 de novembro de 2021 18:30

Uber abre espaço para venda de maconha recreativa no Canadá

Compradores podem adquirir cannabis no app Uber Eats e fazer a retirada em loja parceira

↑ Pé de maconha em uma plantação em Ontário, no Canadá (Foto: Carlos Osorio / Reuters)

A Uber começou um novo serviço para seus os usuários de Ontário, Canadá, permitindo que façam pedidos de maconha em seu aplicativo Uber Eats.

Um porta voz da empresa disse que a loja Tokyo Smoke, que comercializa a planta recreativa, seria listado no app a partir de segunda-feira (22).

Os clientes podem fazer o pedido via Uber Eats e retirar em um dos estabelecimentos da parceira.

A gigante da tecnologia está de olho no mercado da cannabis há algum tempo. Seu CEO, Dara Khosrowshahi, disse à mídia em abril que a empresa considerará a distribuição de maconha quando for permitido nos Estados Unidos.

Contra a maconha ilegal

Com mais de três anos de legalização da cannabis recreativa no Canadá, o país está tentando consertar seu mercado de maconha em dificuldades, onde os produtores ilegais ainda controlam uma grande parte das vendas anuais totais.

A parceria ajudará os adultos canadenses a comprar cannabis legal e segura, ajudando a combater o mercado ilegal underground que ainda responde por mais de 40% de todas as vendas de cannabis não medicinal a nível nacional, disse o Uber na segunda-feira.

As vendas de cannabis no Canadá totalizarão US$ 4 bilhões em 2021 e devem crescer para US$ 6,7 bilhões em 2026, de acordo com dados da empresa de pesquisa da indústria BDS Analytics.

Questionado sobre a possibilidade de expansão para outras províncias canadenses, ou nos Estados Unidos, um porta-voz do Uber disse que “nada mais há para compartilhar neste momento”.

Fonte: Reuters

Comentários

MAIS NO TH