Tecnologia

25 de maio de 2020 15:25

Xiaomi e gigantes empresas chinesas formam aliança contra o Apple AirDrop

Recurso permite transferência de arquivos instantânea entre celulares Android

↑ Gigantes chinesas se unem para criar ferramenta rival do AirDrop (Foto: Reprodução / GizChina)

Gigantes chinesas se uniram em um projeto da Xiaomi, Oppo e Vivo (não confundir com a operadora de mesmo nome) de lançar recurso similar ao AirDrop da Apple. As fabricantes OnePlus, Realme, Black Shark e Meizu também passaram a integrar a aliança que tem como objetivo criar uma comunicação ponto a ponto (P2P) mais rápida que o Bluetooth entre celulares Android.

Clientes da Xiaomi, Oppo e Vivo já podem usar o recurso desde fevereiro. As quatro companhias recém-chegadas à aliança não informaram quando a ferramenta estará disponível aos usuários. Com a inclusão destas empresas, o recurso pode chegar a atingir cerca de 400 milhões de donos de smartphones chineses ao redor do mundo.

A conexão P2P tem por objetivo a comunicação entre os celulares das fabricantes. Por meio do recurso, os usuários conseguirão transferir arquivos entre os dispositivos Android com a mesma rapidez que o AirDrop oferece para usuários de iPhone e MacBook, por exemplo.

A nova ferramenta é compatível com uma variedade de arquivos distintos, sendo grande ou pequeno. O recurso utiliza a taxa de transferência de 20 MB/s (megabyte por segundo) por meio de uma rede Wi-Fi, atingindo uma velocidade bem mais rápida que a conexão por Bluetooth.

Por enquanto a chinesa Huawei não faz parte da parceira entre as empresas. Já a Samsung desenvolveu a ferramenta própria intitulada de Quick Share. O recurso permite um compartilhamento direto entre os celulares Galaxy, exatamente a mesma função que a aliança pretende lançar. A gigante sul-coreana apresentou a novidade no lançamento da linha Galaxy S20.

Fonte: TechTudo / Texto: Rodrigo Roddick

Comentários

MAIS NO TH