Tecnologia

14 de abril de 2020 10:45

Aplicativo doa 3 mil corridas para apoiar combate ao Covid-19 em Alagoas

Estado alagoano será beneficiado pelo fundo de R$ 4 milhões criado pela empresa para o país

↑ Foto: Divulgação
A 99, empresa de mobilidade urbana, anuncia nesta segunda-feira, 13, mais uma iniciativa para apoiar os governos no combate à pandemia. A empresa disponibilizará três mil corridas pela plataforma para o Governo de Alagoas, via Secretaria Estadual de Saúde, para ajudar nas ações de controle ao novo coronavírus (Covid-19) no estado.

As regras para uso dos cupons serão definidas pelas autoridades locais e a parceria determina que as corridas não estejam associadas a atividades que coloquem em risco a saúde e segurança dos motoristas parceiros. Com esta iniciativa, a plataforma contribui ainda para a geração de renda dos condutores que seguem trabalhando.

“Nesse momento delicado, em que toda a sociedade se une para lutar contra o novo coronavírus, a 99 não podia deixar de colaborar. Além de colaborarmos no transporte de profissionais de funções essenciais, é uma forma de ajudar a manter a renda dos nossos parceiros, pois sabemos a importância que esse ganho tem para todos”, afirma Livia Pozzi, gerente de operações da 99 em Alagoas

Outras ações preventivas da 99 – A empresa vem adotando um conjunto de medidas para proteger a saúde de seus usuários e motoristas parceiros neste momento de pandemia. Uma delas é o pagamento de uma ajuda financeira, em forma de doação, aos condutores diagnosticados com Coronavírus (Covid-19) ou colocados em quarentena por uma autoridade médica. O dinheiro para essa ajuda virá de um fundo Internacional criado pela DiDi Chuxing, maior empresa global de mobilidade e dona da 99 e 99Food no Brasil. A plataforma também zerou, para este momento, a taxa de manutenção paga pelos condutores que possuem as câmeras de segurança instaladas nos carros.

Para auxiliar e orientar os usuários da plataforma, a 99 criou uma página dentro do seu site com orientações para motoristas parceiros e passageiros sobre o que fazer, quais os sintomas, onde buscar ajuda e outras informações com foco na prevenção. Há, ainda, vídeos educativos e um episódio do podcast “Papo de Motora” com orientações e dados sobre o fundo de ajuda aos motoristas diagnosticados com a Covid-19.

A empresa também segue enviando mensagens via aplicativo para passageiros e motoristas com dicas de prevenção. Lavar sempre as mãos; evitar circular com vidro do carro fechado; sempre que possível higienizar painel e partes plásticas do veículo com álcool; cobrir a boca ao tossir com o antebraço ou lenço descartável e fazer uso do álcool em gel 70% são algumas das dicas.

Para ampliar a proteção, a empresa também está higienizando carros dos motoristas parceiros do aplicativo na cidade de São Paulo e Belo Horizonte, com uma tecnologia inovadora de desinfecção do vírus, já aplicada na Europa. O projeto, inédito no Brasil, é realizado com a tecnologia a FIP ® (Fog in Place), uma das mais avançadas do mundo na desinfecção de ambientes no combate ao coronavírus, com aplicação na Espanha na luta contra a pandemia da Covid-19 em locais como hotéis, escritórios e bancos, e com produto desinfetante certificado pela Anvisa, o peróxido de hidrogênio.

A iniciativa é mais uma camada de proteção para passageiros e motoristas parceiros da plataforma no combate ao coronavírus no Brasil, contribuindo para que estes últimos não deixem de ter sua fonte de renda no período.

Além disso, a 99 participa do movimento #DistânciaSalva, com mais de 60 grandes marcas brasileiras. A campanha busca colaborar na conscientização sobre o contágio da doença e proteção aos mais vulneráveis.

Na 99Food, empresa de delivery com operação em Belo Horizonte, além dos entregadores parceiros contarem com seguro contra acidentes pessoais e poderem realizar entregas sem contato, eles poderão retirar, nas próximas semanas e gradualmente, kits contendo máscaras da categoria N95/FFP2 e álcool em gel 70% para higienização de mãos, bolsas e guidão. Já os restaurantes, além da empresa não cobrar custo de ativação, continuarão a receber os pagamentos semanalmente para ajudar a criar uma fonte de fluxo de caixa mais confiável e imediata, mesmo em tempos incertos. Nas próximas semanas os restaurantes parceiros receberão lacres de segurança para proteger os alimentos das partículas do ambiente durante o transporte.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH