Tecnologia

6 de abril de 2020 16:07

uTorrent é cliente de BitTorrent mais usado, mas existem melhores opções

BitTorrent e Free Download Manager são alternativas ao uTorrent; programas são grátis, sem anúncios e de código aberto

↑ Clientes torrent mais usados (Imagem: Reprodução)

A maioria das pessoas que baixa torrents está usando o cliente uTorrent ou BitTorrent Mainline: ambos pertencem à mesma empresa e detêm 75% de participação de mercado. Existem alternativas de código aberto e sem anúncios como qBitTorrent e Free Download Manager, mas elas ainda são minoria em market share.

O TorrentFreak e o site iknowwhatyoudownload fizeram uma análise de mais de 25 milhões de conexões BitTorrent registradas em um único dia no início de abril. Os clientes BitTorrent são identificados através do “client ID” transmitido de forma pública.

O ranking é liderado pelo uTorrent e pelo BitTorrent Mainline. Eles são bastante parecidos, têm versão gratuita com anúncios, e cobram US$ 4,95 por ano para remover as propagandas. O uTorrent já teve algumas polêmicas envolvendo mineradores de criptomoeda e malware.

Enquanto isso, alternativas como qBitTorrent, Deluge e Free Download Manager são grátis, não têm anúncios e possuem código aberto: ou seja, usuários experientes podem ver se há algo suspeito e compilar o programa no próprio computador.

uTorrent é cliente BitTorrent mais usado

O uTorrent para desktop detém 68,6% de participação de mercado, seguido pelo BitTorrent Mainline com 6,6%. Eles fazem parte da BitTorrent Inc que, por sua vez, foi adquirida pela empresa de criptomoedas Tron em 2018. Há ainda o Libtorrent, biblioteca usada pelo uTorrent Web e por outros serviços, com 6,3%.

O Transmission aparece em quarto lugar: ele é mais famoso no macOS, mas possui versões para Windows, distribuições Linux e sistemas incorporados. Logo em seguida temos o MediaGet, bastante usado na Rússia; e o qBitTorrent, que se descreve como uma “alternativa de código aberto ao uTorrent”.

A seguir, há o Zona, também popular na Rússia; e o Deluge, cliente open-source e sem anúncios. A lista inclui ainda o Free Download Manager (FDM), Frostwire, Tixati, tTorrent, PicoTorrent e BiglyBT; este último é operado por ex-desenvolvedores do Vuze, que já foi um dos clientes de torrent mais usados.

O TorrentFreak faz uma ressalva quanto ao Popcorn Time e seus forks, que são identificados como “webtorrent”: esse serviço de streaming não aparece nas estatísticas porque é difícil detectar o uso, já que ele para de semear o arquivo quando o usuário termina de assistir ao vídeo.

Fonte: Tecnoblog / Texto: Felipe Ventura

Comentários

MAIS NO TH