Tecnologia

26 de março de 2020 15:50

Energia solar deve chegar a iPhone, Apple Watch e Apple Car

Patente indica uso de energia fotovoltaica para otimização da bateria de produtos populares

↑ Projeto fotovoltaico do Apple Car (Foto: Reprodução / AppleInsider)

A Apple registrou uma patente que trabalha com a ideia de energia fotovoltaica para otimização da bateria dos dispositivos. Segundo o registro, a inovação deve aparecer primeiro no Apple Car, projeto de carro da empresa que está sendo desenvolvido em segredo. A ideia também é pegar emprestada a nova técnica para aplicá-la em capas de iPhone e no Apple Watch. A novidade permitiria que a bateria durasse por mais tempo e os usuários não precisariam carregar os equipamentos com tanta frequência.

Algumas fabricantes, como a Hyundai, já aplicam o conceito de teto com placas solares, mas o que diferencia o carro da Apple é que todo o veículo seria revestido de material sensível à luz. Visando diminuir o tempo de recarga do carro elétrico, a proposta é aproveitar a exposição do automóvel ao sol e iniciar um sistema de recarga. A mesma ideia seria usada em outros equipamentos da gigante da tecnologia, como no relógio inteligente da marca e cases de celulares.

A Apple propõe usar um material com suportes entrelaçados, com um dos fios realizando o papel de condutor. O fio condutor se conecta com o sistema de recarga de algum dispositivo a uma célula fotovoltaica.

Para garantir fluxo de energia ideal, os fios condutores precisam ser revestidos de materiais isolantes, eliminando qualquer contato com elementos condutores do material.

Outro exemplo no relatório foi de usar a tecnologia em fones de ouvido. De acordo com a explicação, o sensor pode ser incorporado em tecidos flexíveis. Isso significa que o elemento sensível à luz poderia revestir o corpo do fone e outros materiais dobráveis como capas de iPhone e a pulseira do Apple Watch.

Não é a primeira vez que a empresa presidida por Tim Cook registra patentes que envolvam o Apple Car, Apple Watch e iPhone. A empresa da maçã também registrou uma propriedade intelectual que indica a intenção de usar o celular e o smartwatch como a chave do carro. Apesar de a patente ter sido registrada, não há confirmação que a tecnologia de fato será apresentada ao público.

Fonte: TechTudo / Texto: Raul Ferreira

Comentários

MAIS NO TH