Tecnologia

18 de fevereiro de 2020 17:40

Aumento em tarifa de chamadas entre operadoras causa embate

Taxa pode ser reajustada em até 70%; Claro, Algar e Telcomp defendem revisão do aumento

↑ Operadoras (Foto: Reprodução)

Um ato, de 2018, que está em tramitação na Anatel quer reajustar em até 70% a tarifa de interconexão – taxa cobrada para ligação entre redes de diferentes operadoras – conforme a região do usuário. Em outras palavras, trata-se do preço cobrado por minuto para você realizar uma chamada para um número registrado em uma operadora diferente da sua.

O aumento, como esperado, divide opiniões e até provocou oposição entre algumas das maiores empresas de telecomunicação do Brasil. A situação é a seguinte: Claro, Algar e Telcomp querem que, ainda neste ano, o reajuste seja revisado, fixando um valor mais barato do que o estipulado.

Já a Oi, a Vivo e a Tim apoiam que a medida seja efetivada e qualquer revisão posterior passe por debates públicos. A Tim até chegou a conseguir uma liminar na justiça para barrar a revisão do reajuste, mas uma decisão recente derrubou o pedido.

De acordo com o site Telesíntese, para as operadoras a favor da revisão urgente, o aumento de custos pode prejudicar o modelo de negócio das empresas, em especial no que toca as ofertas de planos de ligações ilimitadas.

Em contrapartida, o grupo contra a revisão imediata argumenta que já adequou seus respectivos planejamentos financeiros. Além disso, se descontada a inflação, o valor total das tarifas após o reajuste não chegaria ao patamar de 2017, ano em que as empresas passaram a oferecer os planos de chamadas ilimitadas.

Fonte: Olhar Digital / Texto: Victor Pinheiro

Comentários

MAIS NO TH