Tecnologia

22 de outubro de 2019 16:48

‘Táxi-voador’ elétrico de startup alemã realiza seu primeiro voo

Produzida pela Lilium, aeronave tem autonomia de até 300 Km e pode chegar a velocidade de até 300 Km/h

↑ Lilium (Foto: Divulgação)

O “Táxi-voador” da Lilium, uma startup alemã, realizou sua primeira decolagem e voo, provando que o conceito é viável. Misturando ideias de aviões e drones, a máquina é uma aeronave com cinco lugares impulsionada por 36 motores elétricos instalados em dois pares de asas, e tem autonomia de voo de 300 Km com uma carga das baterias.

A decolagem e o pouso do Lilium Jet são verticais, como um helicóptero, com os motores apontados para o solo. Ao atingir uma altitude mínima eles são apontados para trás, e a aeronave passa a se mover como um avião. Durante os testes a velocidade foi limitada a 100 Km/h, mas pode chegar a até 300 Km/h.

Segundo a fabricante, a velocidade e autonomia de sua aeronave permitem que ela seja usada para deslocamento em trajetos regionais, e não apenas dentro de grandes cidades, como alguns de seus concorrentes, entre eles o modelo da Kitty Hawk.

A Lilium completou recentemente uma fábrica de 3.000 metros quadrados em Munique, na Alemanha, e em breve irá abrir uma segunda fábrica ainda maior. O objetivo é que elas produzam, juntas, “centenas” de aeronaves todo ano. A empresa espera iniciar a operação comercial de um serviço de táxi aéreo sob demanda em 2025.

Fonte: Olhar Digital / Texto: Rafael Rigues

Comentários

MAIS NO TH