Tecnologia

6 de agosto de 2019 15:54

Apple começa a emitir cartão de crédito virtual para usuários selecionados

Iniciativa é parte da estratégia da empresa de focar em serviços

↑ Cartão de crédito da Apple tem parceria com MasterCard e Goldman Sachs e promete melhorar a educação financeira do usuário (Foto: Divulgação / Apple)

A Apple lançou seu cartão de crédito virtual nesta terça-feira (6), uma parceria com o banco Goldman Sachs que trará um novo serviço para usuários do iPhone. De acordo com a empresa, um número limitado de pessoas que manifestaram interesse começa a receber convites.

O recurso havia sido anunciado em março, quando a empresa fez uma série de outros anúncios de serviços, como serviço de streaming de vídeos e aplicativo de notícias.

Os serviços estão crescendo dentro da empresa e no segundo trimestre do ano tiveram vendas de US$ 11,4 bilhões, com mais de 420 milhões de consumidores pagando por algum tipo de assinatura da empresa — alta de 55% em relação ao mesmo período do ano passado.

Em contrapartida, os iPhones, que durante anos foram responsáveis pela maior parte do faturamento da Apple, agora começam a se menos da metade das vendas. Os aparelhos somaram vendas de US$ 25,99 bilhões — o faturamento total foi de US$ 53,8 bilhões. É a primeira vez que isso aconteceu desde 2012.

O cartão da Apple oferece algumas vantagens, como 2% do dinheiro de volta em compras feitas com o Apple Pay, ausência de taxas, aplicativo para gerenciar finanças e foca (como outros produtos da empresa) em privacidade de dados como parte do marketing.

A Apple oferece também a opção de um cartão físico feito de titânio, mas que não possui um número visível. Em vez disso, o número do cartão é armazenado em um chip seguro dentro do iPhone, o que gera números virtuais para compras online ou por telefone que exigem um número.

Fonte: G1

Comentários

MAIS NO TH