Tecnologia

4 de maio de 2019 19:05

A Terra cruzará o rastro deixado pelo cometa Halley no espaço neste sábado

Saiba a melhor forma de observar a chuva de meteoros a olho nu na madrugada

↑ Chuva de meteoros registrada em longa exposição. Visão real é diferente (Foto: Pixabay)

A Terra cruzará o rastro de poeira e gelo que o cometa Halley deixa pelo espaço na noite de sábado para domingo. A entrada desses detritos pela atmosfera dará origem a uma chuva de meteoros que iluminará o céu.

A chuva de meteoros desta madrugada é chamada de Eta Aquarídeos. O nome indica aos astrônomos a “origem” dos meteoros que se aproximam do planeta.

“Por uma questão de perspectiva, toda chuva de meteoro parece vir da direção de uma constelação. A chuva de meteoro Eta Aquarídeos, por exemplo, aparenta vir da constelação de aquário e por isso recebe esse nome”, diz o professor do departamento de astronomia da USP Roberto da Costa.

Não será possível ver uma chuva de meteoros no formato que a maioria das pessoas imagina. O astrônomo explica que as imagens com vários riscos de luz no céu são tiradas por fotógrafos que usam técnicas de longa exposição.

As câmeras fotográficas podem ajudar a registrar o momento, mas não será necessário usar nenhum equipamento para acompanhar o fenômeno astronômico. O uso de binóculo ou de uma luneta, por exemplo, pode até atrapalhar por limitar o campo de visão.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH