Tecnologia

6 de março de 2019 15:20

Reputação do Facebook cai após escândalos; Samsung e Sony sobem no ranking

Cambridge Analytica, falhas de segurança e problemas de privacidade derrubaram reputação do Facebook em 2018

↑ Mark Zuckerberg (Foto: Reprodução)

O pior ano da história do Facebook refletiu na forma como a rede social é vista pelos usuários. Depois do escândalo Cambridge Analytica, dos vazamentos de dados e das acusações de interferência em eleições, a empresa de Mark Zuckerberg foi a que mais caiu em um ranking que calcula a reputação das marcas, passando da 51ª para a 94ª posição.

O Axios Harris Poll 100 reúne as 100 empresas que mais se destacaram de forma positiva ou negativa na sociedade. Depois, ele classifica as companhias em um ranking com base em fatores como ética, crescimento, visão, afinidade, trajetória, cultura e produtos. Ou seja, estar de fora da lista não é exatamente um problema, mas ficar nas últimas posições é.

Na edição de 2019, o primeiro lugar é ocupado pela cadeia de supermercados Wegmans, enquanto os três últimos são das Organizações Trump, da empresa de tabaco Phillip Morris e do Governo dos Estados Unidos.

Entre as empresas presentes no Axios Harris Poll 100, as duas que mais subiram de posição são de tecnologia: a Samsung passou da 35ª em 2018 para a 7ª em 2019, enquanto a Sony foi da 31ª para a 10ª no mesmo período. As que mais caíram também são velhas conhecidas nossas: depois do Facebook, quem mais despencou foi a Tesla, de 3ª para 42ª posição, porque o Elon Musk não consegue fechar a matraca.

Este é o ranking da reputação de algumas empresas:

  • Amazon: 2ª posição (caiu 1)
  • Samsung: 7ª (subiu 28)
  • Microsoft: 9ª (subiu 2)
  • Sony: 10ª (subiu 21)
  • LG: 15ª (subiu 10)
  • Netflix: 24ª (caiu 3)
  • Dell: 29ª (subiu 7)
  • Nintendo: 30ª
  • Apple: 32ª (caiu 3)
  • HP: 39ª
  • Google: 41ª (caiu 13)
  • Tesla: 42ª (caiu 39)
  • IBM: 49ª (caiu 17)
  • Electronic Arts: 51ª
  • eBay: 57ª (caiu 9)
  • Uber: 78ª (caiu 2)
  • Twitter: 89ª
  • Facebook: 94ª (caiu 43)

Algumas categorias só têm empresas mal avaliadas. A companhia aérea menos pior, segundo os respondentes, é a Southwest, em 54º lugar, enquanto as três gigantes americanas (Delta, American e United) ocupam as posições 73, 80 e 86 (inclusive, o Facebook deveria ganhar um prêmio por conseguir ficar atrás da American). Entre as operadoras, as líderes T-Mobile e Verizon estão só nas 63ª e 64ª posições.

Fonte: Tecnoblog / Texto: Paulo Higa

Comentários

MAIS NO TH