Tecnologia

15 de fevereiro de 2019 17:24

Facebook irá bloquear posts que promovem a desinformação sobre vacinas

Esse tipo de conteúdo se viralizou e está desestimulando milhares de pessoas a adotarem a mediada preventiva

↑ (Foto: Agência Brasil)

O Facebook vai explorar medidas para combater a desinformação sobre vacinas, uma vez que esse tipo de conteúdo desencoraja os pais a vacinarem seus filhos. Na quinta feira (14/02), o Facebook recebeu uma carta do deputado democrata Adam Schiff a respeito de um surto de sarampo no estado de Washington, que alegava ser resultado da desinformação sobre o assunto propagado na rede social. As informações são do canal Bloomberg.

Em resposta ao deputado, o Facebook disse que está “explorando medidas adicionais para melhor combater o problema”, incluindo “reduzir ou remover esse tipo de assunto do conteúdo recomendado pelo algoritmo”. Schiff disse que “os algoritmos que alimentam esses serviços não são projetados para distinguir informações de qualidade da desinformação”.

Alguns pais afirmam que a escolha de vacinar ou não seus filhos deve ser algo pessoal. No entanto, outras crianças podem ser expostas ao risco. As consequências de práticas como essa são a volta de doenças que estavam quase extintas em determinados lugares, como foi o caso do sarampo nos EUA. O Centers for Disease Control and Prevention (CDC ou, em livre tradução, Centro para Prevenção e Controle de Doenças) observa que vacinar ainda é o método mais seguro e que os efeitos colaterais são ínfimos perto dos problemas causados pelas doenças.

Fonte: Olhar Digital

Comentários

MAIS NO TH