Tecnologia

16 de agosto de 2018 17:59

Nasa: Asteroide Aretha continuará orbitando além de Marte

Agência espacial expressou tristeza pela morte de Aretha Franklin nesta quinta-feira (16) e ressaltou asteroide 249516 Aretha em sua homenagem

↑ Asteroide 249516 Aretha foi descoberto em 15 de fevereiro de 2010 pela Nasa (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (16), dia da morte de Aretha Franklin, a Nasa divulgou nota expressando tristeza e relembrando a homenagem feita à cantora: o asteroide 249516 Aretha, “que continuará orbitando além de Marte”.

Este asteroide foi descoberto pela missão NEOWISE, da Nasa (Agência Especial Norte-americana), em 15 de fevereiro de 2010.

Ele pertence à família Veritas, um grupo de asteroides formado há mais de 8 milhões de anos a partir do rompimento de outro asteroide de 150 km de diâmetro.

Caçador de asteroides e cometas, o NEOWISE foi lançado em dezembro de 2009 e detectou mais de 158 mil objetos celestes dentro do sistema solar, sendo 34 mil deles considerados novas descobertas.

No momento, o NEOWISE está em sua décima cobertura do céu, programado para operar até dezembro deste ano, segundo a Nasa.
A proposta de batizar o asteroide com o nome da cantora foi de Amy Mainzer, principal pesquisador do projeto NEOWISE.

Conhecida como “rainha do soul”, Aretha Franklin é uma das maiores cantoras da história da música. Ganhou 18 prêmios Grammy e foi a primeira artista feminina a entrar no Hall da Fama do Rock and Roll em 1987.

Ela morreu aos 76 anos nesta quinta-feira (16) em Detroit, nos Estados Unidos. A causa oficial da morte não foi divulgada, mas a cantora tratava um câncer desde 2010.

De acordo com a Nasa, além de Aretha, outras “mulheres fortes” dão nome a asteroides descobertos pelo NEOWISE como as ativistas Malala yousafzai e Rosa Parks, a conservacionista Wangari Maathai, e as abolicionistas Sojourner Truth e Harriet Tubman.

Fonte: R7

Comentários

MAIS NO TH