Tecnologia

9 de fevereiro de 2017 19:55

Veja como utilizar o aplicativo para a Zona Azul

Cadastramento no aplicativo não tem custo e o condutor vai pagar pelo tempo de estacionamento que usar

O aplicativo Zona Azul Maceió já está disponível para download nos sistemas Android e iOS. O cadastramento no aplicativo não tem custo e o condutor vai pagar pelo tempo de estacionamento que usar, ou seja, com tempo fracionado. A Zona Azul Maceió vai funcionar de segunda a sexta-feira das 8h às 19h e aos sábados das 8h às 14h. Aos domingos e feriados não funcionará. O custo do minuto é pouco mais de 4 centavos.

Após baixar o aplicativo no Play Store do celular, basta abrir o aplicativo, selecionar a opção Novo aqui? Cadastre-se e preencher todas as informações solicitadas: nome, CPF, e-mail, senha e confirmação de senha. Em seguida, serão mostradas as orientações para ativar a conta: siga as orientações de ativação da conta e a autorização do aparelho celular, confirmando os dados por meio do e-mail.

Para inserir créditos, o usuário deve selecionar no Menu a opção Veículos > Novo Veículo e inserir os dados solicitados: tipo de veículo, nome do veículo e placa) e clicar em Cadastrar. O valor mínimo de saldo é o valor correspondente à uma hora do tipo de veículo que se deseja estacionar, sendo no mínimo R$ 2,50. Para cessar o uso da vaga no estacionamento basta clicar em Parar e o aplicativo enviará notificações quando faltar 5 minutos para o término do tempo máximo de permanência selecionado. O tempo máximo de permanência nas vias públicas será de 2 horas e nas áreas de bolsões será de 4 horas.

A Zona Azul visa dar mais rotatividade aos veículos nos estacionamentos em vias públicas e bolsões de vagas. A fase educativa teve início no último dia 6 nos bolsões de vagas de estacionamento dos edifícios Harmony e Le Mond, bairro da Jatiúca.

No próximo dia 20 a Zona Azul começa a funcionar em definitivo e, além da forma de pagamento via aplicativo, o condutor poderá pagar por meio de talões vendidos em estabelecimentos comerciais próximos aos locais da Zona Azul.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH