Tecnologia

14 de janeiro de 2017 18:44

Tribuna Independente une tecnologia e praticidade com o uso de QR Code

Edição impressa agora conta com ferramenta de sincronização para o Tribuna Hoje

Meio de interação entre mídias impressas e digitais, o QR Code começa a ser utilizado no Jornal Tribuna Independente a partir da edição deste fim de semana (14 e 15 de fevereiro). O código poderá ser acessado por meio de aparelhos celulares com câmera fotográfica e aplicativo instalado e traz praticidade aos leitores do jornal.

Marilene Canuto, diretora comercial da Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos de Alagoas (Jorgraf), explica a implantação da interface. Segundo ela, o uso da tecnologia atende às demandas do mercado e faz parte de um cronograma de projetos que serão implantados este ano.

“São avanços, tendências de mercado, demanda e ganho. O QR Code trará ganho principalmente para quem fará uso dele, pela facilidade e velocidade do direcionamento para se chegar à informação através da internet. A Cooperativa Jorgraf, tendo como produtos o jornal Tribuna Independente, o portal TribunaHoje.com e a Gráfica Tribuna, não pode ficar alheia aos avanços e tendências do mercado principalmente em se tratando de tecnologias”, explica.

Primeira edição com o QR Code traz o código do lado direito do nome do jornal

Ainda segundo Marilene, as novidades não param por aí. No ano que a Cooperativa Jorgraf completa uma década de formação, os projetos estão aos poucos ‘saindo do papel’ para atender ainda melhor o público.

“Nossos parceiros sejam anunciantes, fornecedores, poder público, como também os anônimos que nos prestigiam assinando o nosso jornal tendo a comodidade de recebê-lo em casa logo cedinho terão agora muito mais conteúdo”.

Conteúdo sincronizado é precursor de novos projetos

Pensada como mais um caminho para o compartilhamento das informações, Flávio Peixoto, diretor financeiro da Jorgraf, afirma que a iniciativa demonstra o comprometimento da Cooperativa em adaptar os veículos de comunicação à atualidade. Além disso, oferta ao leitor/internauta a possibilidade de consumir cada vez mais conteúdo com ganho de tempo e informações.

“Com o código trazemos o nosso leitor para a plataforma online. Isso representa que estamos atentos as novas formas de compartilhamentos e as diversas ferramentas existentes. Embora essa não seja uma tecnologia tão recente, era algo que não utilizávamos”, expõe.

Segundo Peixoto, outros projetos têm sido formulados com o intuito de promover uma dinâmica ainda mais produtiva no consumo das informações nos veículos Tribuna Independente e portal TribunaHoje.com.

“Isso acontece num momento importante, os 10 anos de formação da Jorgraf e mostra para o nosso público que não paramos de investir, estudar e pensar em um veículo acessível, moderno e formatado para o leitor do futuro”.

Uso da ferramenta

Com a edição impressa em mãos o leitor da Tribuna Independente deve utilizar um aparelho smartphone para o escaneamento do código. Antes é necessário instalar um aplicativo de leitura do QR Code, os aplicativos variam de acordo com o sistema operacional dos aparelhos. Para saber qual é o mais indicado basta pesquisar ‘QR CODE’ nos aplicativos de compras nos smartphones. Algumas opções são o QR Code Reader para Android e Windows Phone, além do QR Reader para iOS.

Ao fim da instalação do aplicativo, é preciso direcionar a câmera do aparelho celular no código localizado no canto superior do jornal e o aparelho fará a leitura e o redirecionamento das informações.

O QR Code surgiu na década de 1990 a partir da iniciativa de uma empresa japonesa para identificar peças na indústria automobilística. Aos poucos, começou a ser utilizado na conversão e disseminação de informações.  

“Os QR Codes tem sido usados em quase todos os livros, revistas, e campanhas publicitárias, e agora faz parte da história dos 10 anos da Cooperativa Jorgraf”, diz Marilene Canuto.

No Brasil, o código tem sido utilizado com frequência em mídias impressas com o objetivo de converter informações extras aos leitores. Na última quinta-feira, 12, a Receita Federal do Brasil (RFB) autorizou, por meio de publicação no  Diário Oficial da União, uma nova versão do documento de Cadastro de Pessoa Física (CPF) com QR Code no verso. 

Fonte: Tribuna Independente

Comentários

MAIS NO TH