Saúde

26 de novembro de 2021 19:20

Mais de 16 mil adolescentes completaram a vacinação contra a Covid-19

Dados estão de acordo com o boletim de vacinação desta quinta-feira (25)

↑ Reprodução

Maceió já aplicou 90.069 doses de vacinas contra a Covid-19 em adolescentes, sendo 73.647 primeiras doses e 16.422 segundas doses. Com isso, a capital alagoana já alcançou 72,78% do público imunizado com a primeira dose e 16,23% totalmente vacinado. A estimativa total de vacinação da população adolescente de 12 a 17 anos é de 101.194 mil. Os dados estão de acordo com o boletim de vacinação desta quinta-feira (25).

A adolescente Emily Pedrosa está incluída no número total de jovens completamente vacinados contra o vírus e fala sobre seu alívio em ter chegado, com saúde, ao dia de concluir sua imunização.

“Depois que as aulas voltaram, eu estava me sentindo muito insegura e, por isso, mal via a hora de tomar a segunda dose da vacina. Agora, eu me sinto esperançosa de que esse tempo tão difícil pelo qual passamos vai, finalmente, ficar para trás. Vou continuar usando máscara, álcool em gel e me cuidando direitinho até que todos estejam vacinados”, disse a jovem.

A técnica de enfermagem Fernanda Souto ressalta que os adolescentes têm comparecido diariamente ao ponto do Maceió Shopping – onde atua – mas que o número de pessoas à procura pela vacina ainda pode ser maior.

“Estamos com um bom fluxo de adolescentes aqui, mas precisamos intensificar ainda mais. O público jovem é um dos que mais se expõe a riscos e a vacinação vem como ferramenta para garantir maior proteção tanto para eles como aos familiares e amigos com quem convivem”, disse.

Vacinação nos pontos

Adolescentes que pretendem se vacinar contra a Covid-19 devem se dirigir aos pontos de vacinação da capital, que funcionam nos drive-thrus de Jaraguá e da Justiça Federal, na Serraria; nos shoppings Maceió (Mangabeiras) e Pátio (Cidade Universitária); Papódromo (Vergel do Lago), Ginásio Arivaldo Maia (Jacintinho), Terminal do Osman Loureiro (Clima Bom) e Praça Padre Cícero (Benedito Bentes).

Os pontos dos drive-thrus e shoppings funcionam de terça a sexta em horário de corujão – das 9h às 21h – e aos sábados e segundas-feiras, das 9h às 16h. Demais pontos funcionam de segunda a sábado das 9h às 16h. No domingo, todos os pontos ficam fechados.

População adulta

Maceió já aplicou 1.275,088 doses de vacina contra a covid-19 na população adulta, sendo 677.609 com a primeira dose e 591.479 com segunda dose ou dose única. Desse modo, 89,31% da população adulta recebeu a primeira dose e 80,13% está totalmente imunizada com a segunda dose ou a dose única.

A Prefeitura de Maceió iniciou a aplicação da dose de reforço para adultos, em geral, com cinco meses completados da segunda dose em 17 de novembro e já foram aplicadas 69.434 mil doses de reforços. De acordo com o boletim, no último dia foram aplicadas mais 1.737 mil doses de reforço.

Documentos necessários

Para se vacinar, pessoas com 18 anos ou mais devem apresentar documento de identificação com foto, comprovante de residência (não precisa cópia) e o cartão de vacinação com as informações da etapa anterior. A 3ª dose vale para quem tomou as duas doses de um dos imunizantes da Astrazeneca, Coronavac e Pfizer.
Adolescentes podem se vacinar apresentando a certidão de nascimento e, os de 12 a 15 anos, devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis. Na ausência destes, devem estar acompanhados de um adulto portando declaração de autorização escrita à mão e assinada pelos pais.
Conforme anunciado pelo Ministério da Saúde, quem tomou a Jansen deve tomar a 2ª dose após dois meses da 1ª do mesmo imunizante. Só após cinco meses poderá tomar a 3ª dose. Maceió aguarda o envio das doses de Jansen para vacinar o público com a 2ª dose.
Pessoas imunocomprometidas continuam com intervalo de 28 entre a 2ª e 3ª dose, devendo apresentar, além do documento de identificação e do comprovante de residência, um dos citados abaixo:
– Prescrição médica com justificativa;
– Exames específicos que estabeleçam o diagnóstico;
– Relatório médico;
– Receitas para terapêutica específica de condições descritas;
– Guia de Encaminhamento específico.
Imunossuprimidos que devem tomar a terceira dose
I – Imunodeficiência primária grave.
II – Quimioterapia para câncer.
III – Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas imunossupressoras.
IV – Pessoas vivendo com HIV/AIDS.
V – Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.
VI – Uso de drogas modificadoras da resposta imune (vide tabela 1).
VII – Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias.
VIII – Pacientes em hemodiálise.
IX – Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas
Confira a lista de drogas modificadoras da resposta imune e doses consideradas imunossupressoras
Metotrexato
Leflunomida
Micofenolato de mofetila
Azatiprina
Ciclofosfamida
Ciclosporina
Tacrolimus
Mercaptopurina
Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe).

Fonte: Secom

Comentários

MAIS NO TH