Saúde

21 de outubro de 2021 09:46

Clínica de Fisioterapia da Unit oferta reabilitação cardiorrespiratória gratuita

Pacientes em recuperação cardíaca, pulmonar e sequelas da Covid-19 podem agendar as sessões por telefone ou presencialmente

↑ Foto: Divulgação

A Clínica de Fisioterapia do Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL) está com novas vagas para atendimento e reabilitação de pacientes com alterações cardiovasculares e cardiopulmonares, incluindo sequelas deixadas pela Covid-19.

O agendamento é realizado através do telefone (82) 3311-3140, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, ou de forma presencial na clínica, que fica no Campus Amélia Maria Uchôa, na Avenida Gustavo Paiva, 5017, Cruz das Almas, em Maceió. É preciso apresentar RG, CPF e comprovante de residência do paciente e o encaminhamento do médico ou serviço de saúde que acompanhou a doença, contendo a recomendação de tratamento fisioterapêutico.

O atendimento é realizado pelos acadêmicos de Fisioterapia das disciplinas práticas e do estágio supervisionado, sob a orientação de professores, com uma avaliação funcional detalhada e prescrição adequada do melhor tratamento para cada situação.

Todas as medidas de segurança sanitárias são observadas para a realização do atendimento: as salas são higienizadas após cada atendimento; os pacientes, alunos e professores só entram na clínica mediante aferição da temperatura corporal e fazendo o uso correto de máscaras.

Além disso, os alunos-fisioterapeutas só atendem de jaleco, touca, máscara N95, óculos de proteção ou face shield. Para evitar aglomeração, é recomendado que o paciente não leve acompanhantes, salvo em casos estritamente necessários.

Circulação, Covid e pulmão

Na área de alterações cardiovasculares, podem ser atendidos na Clínica de Fisioterapia da Unit/AL pacientes com hipertensão, diabetes, recuperação de infarto ou cirurgia cardíaca, insuficiência cardíaca e transplantados.

Nas alterações cardiopulmonares, são ofertados atendimentos para asma, dispneia (falta de ar), doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), pós-operatório de cirurgia pulmonar e reabilitação pós-acidente vascular cerebral (AVC).

Quanto à reabilitação de pacientes após a Covid-19, a fisioterapia respiratória e musculoesquelética atua na melhoria da dispneia, ajuda a prevenir complicações nestas duas áreas e ainda as cardiovasculares e neurológicas. Além disso, contribui na correção das limitações funcionais, proporcionando restabelecimento da qualidade de vida e retorno do paciente à sua rotina.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH