Saúde

8 de outubro de 2021 12:22

Hospital Veredas: atendimento humanizado ampara mães e bebês em UTI Neonatal

Unidade de saúde bateu recorde após arrefecimento da Pandemia, no mês passado, com centenas de atendimentos

↑ UTI Neonatal garante atendimento especializado para mães e bebês

Ter um acolhimento humanizado e de qualidade, é um dos grandes desejos das mulheres grávidas. E ter isso em um espaço propício, com equipe capacitada-, é fundamental para o bem-estar das puérperas.

“Caleb nasceu com 7 meses, com um quilo e trezentos. Foi tudo muito rápido, mas fui atendida muito bem, todos deram apoio. O início foi difícil, agora eu estou mais tranquila e ele está se recuperando bem. Aqui no Hospital Veredas foram muito atenciosos”, afirmou Maria Clara Ferreira (17), mãe de Caleb.

Mesmo em meio a pandemia, o Hospital Veredas atendeu 297 bebês que precisavam de atendimento especializado por complicações durante a gestação ou no momento do parto.

Inaugurada em junho de 2009, a UTI Neonatal do Hospital Veredas conta hoje com dez leitos, e o setor de obstetrícia do hospital, realiza em média 250 procedimentos (entre partos e demais procedimentos obstétricos) por mês. Possui 28 leitos de alojamento conjunto e 6 leitos de pré-parto.

Somente em 2018, foram 2983 pacientes na ala obstétrica e 276 na UTI Neonatal. Em 2019 esse número se manteve alto, enquanto 2883 pacientes foram atendidos, 232 ocuparam UTI Neonatal. Em 2020 esse número já diminuiu um pouco por causa da pandemia, 2435 pacientes foram atendidos e 178 encaminhados para UTI.

Com uma estrutura moderna e equipamentos de última geração, a ala obstétrica do Hospital Veredas garante uma atenção e um maior cuidado possível para atender mães e seus bebês, principalmente, na internação de pacientes de média e alta complexidade.

“É toda uma equipe multidisciplinar, onde contamos com fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogo, assistente social, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. É um local de referência para as grávidas, para pacientes e para atendimento pediátrico”, pontuou o coordenador da UTI Neonatal e Pediátrica, Dr João Lourival,

Também foram implantadas nas UTIs Neo incubadoras, monitores cardíacos, respiratórios e oxímetros, e desde então, o hospital conseguiu praticamente zerar o índice de mortalidade de crianças que, mesmo em estado crítico, tinham que aguardar por uma transferência. Além disso, a UTI Neonatal do Hospital Veredas é uma UTI neo escola, contribuindo para formação de excelentes profissionais médicos.

“A unidade, na maior parte das vezes, trata dos prematuros que apresentam alguma situação adversa ao nascer. No entanto, isso, nem sempre quer dizer que os bebês estão doentes, mas sim que muitas vezes eles precisam de uma atenção maior da equipe médica, e é o que fazemos aqui”, pontuou o Gustavo Pontes de Miranda, diretor-médico do Hospital Veredas.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH