Saúde

8 de junho de 2021 18:32

Sesau convoca pessoas com comorbidades para tomar vacina Pneumocócica 13-Valente

Imunização abrange transplantados, pessoas com HIV, diabetes, trissomias, problemas cardíacos, hepáticos e neurológicos, pneumopatias e imunodeprimidos

↑ Para receber a Pneumocócica 13-Valente é necessário apresentar prescrição médica (Foto: Carla Cleto / Ascom Sesau-AL)

Atendendo a determinação do Programa Nacional de Imunizações (PNI), órgão vinculado ao Ministério da Saúde (MS), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) está convocando os alagoanos imunodeprimidos (confira relação abaixo) – como os portadores de doenças pulmonares, HIV, transplantados e com câncer – para tomar a vacina Pneumocócica 13-Valente (VPC-13).

O imunizante, que previne contra a bactéria Streptococcos pneumoniae, responsável por doenças graves como pneumonia, meningite e otite média aguda, está disponível até o próximo dia 30 de agosto, no Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE). O órgão funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h, no Hospital Escola Dr. Helvio Auto (HEHA), localizado no bairro Trapiche, em Maceió.

Para tomar a vacina, basta comparecer ao CRIE no horário de funcionamento. Não há necessidade de agendamento. O usuário, entretanto, deve apresentar um encaminhamento médico, descrevendo a patologia a qual é portador e porque ele necessita ser imunizado com a VPC-13.

Para obter maiores informações sobre a vacina e esclarecer dúvidas sobre o público-alvo que tem direito ao imunizante, basta entrar em contato com o CRIE, através do telefone 3315 2983, durante o horário de funcionamento do órgão, ou pelo e-mail [email protected].

De acordo com a enfermeira do CRIE, Julliana Veras, estar imunizado contra a Streptococcos pneumoniae é importante, porque a bactéria é causa frequente de otite média aguda, pneumonias, bacteremias e meningites. “Alguns grupos populacionais são especialmente suscetíveis à doença invasiva pelo pneumococo, que tem maior gravidade e pode provocar hospitalizações, principalmente dos imunodeprimidos, além de levar à óbito em muitos casos”, esclarece.

Casos Especiais

Ainda segundo Julliana Veras, as pessoas que já tomaram a vacina Pneumocócica Polissacarídica 23-Valente há pelo menos um ano, podem tomar a vacina VPC-13. No caso das crianças menores de cinco anos de idade, a vacina Pneumocócica Conjugada 13-Valente é indicada a partir de 12 meses, independentemente de haver recebido anteriormente alguma dose de vacina Pneumocócica Conjugada 10-Valente.

A VPC-13 foi implantada no Sistema Único de Saúde (SUS), em 2019, com o objetivo de evitar ou reduzir as internações hospitalares por doenças respiratórias entre os imunodeprimidos, que são mais suscetíveis a desenvolver as formas graves destas patologias.

Para prevenir o maior número de brasileiros possível, o Ministério da Saúde adquiriu 1 milhão de doses do imunizante. Até maio deste ano, foram distribuídas 317 mil doses em todo o Brasil, mas ainda há um estoque nacional estratégico de 683 mil doses, que devem ser utilizadas até fevereiro do próximo ano, segundo Nota Técnica emitida pelo Programa Nacional de Imunizações.

Confira a Lista das Comorbidades cujos portadores devem ser vacinados com a VPC-13

– Transplantados
– Pessoas com HIV
– Diabéticos
– Trissomias
– Problemas cardíacos
– Hepáticos e neurológicos
– Pneumopatias
– Asplenia anatômica ou funcional e doenças relacionadas
– Fístula liquórica e derivação ventrículo-peritoneal (DVP)
– Implante de cóclea
– Imunodeficiências congênitas
– Nefropatias crônicas/hemodiálise/síndrome nefrótica
– Pneumopatias crônicas
– Asma persistente moderada ou grave
– Fibrose cística
– Cardiopatias crônicas
– Hepatopatias crônicas
– Doenças neurológicas crônicas incapacitantes
– Diabetes mellitus
– Doenças de depósito
– Imunodeficiência devido à imunodepressão terapêutica

Fonte: Ascom Sesau/AL

Comentários

MAIS NO TH