Saúde

9 de maio de 2021 18:45

Alagoas recebe mais 15 mil doses da CoronaVac e inicia distribuição neste sábado

Imunizantes contra o novo coronavírus serão destinados para municípios completarem o ciclo vacinal de segunda dose da população

↑ CoronaVac (Foto: Agência Alagoas)

Mais 15.000 doses da Vacina CoronaVac chegaram a Alagoas no final da tarde deste sábado (8). O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), inicia ainda hoje a distribuição de uma parcela dos imunizantes para os municípios, a exemplo de Maceió, que deve retirar as doses na sede do Programa Nacional de Imunização (PNI/AL).

Esta é a 19ª remessa de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde (MS) ao Estado. Os imunizantes devem ser destinados para completar o ciclo vacinal de segunda dose (D2). Alagoas já recebeu do Governo Federal, até o momento, 1.063.800 doses, já distribuiu aos municípios alagoanos 931.407 vacinas, com as Secretarias Municipais de Saúde tendo aplicado 703.171 doses.

O lote de CoronaVac chegou em Maceió por volta das 16h40, e seguiu, com escolta da Polícia Militar de Alagoas (MM/AL), para o devido cadastro e armazenamento em câmara fria no PNI/AL. Lá, as vacinas ficam armazenadas em temperatura entre 2º e 8º Celsius.

O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, reforça que a logística de distribuição dos imunizantes para os municípios tem sido rápida e eficaz. “Estávamos aguardando a chegada de mais doses da CoronaVac em Alagoas. O Ministério da Saúde enviou mais 15 mil doses e estamos iniciando a distribuição de uma parte dos imunizantes ainda hoje para a cidade de Maceió. O envio das vacinas para os demais municípios também está garantido”, assegura o secretário.

Retirada pelos municípios – Para as gestões municipais retirarem as doses desta 19ª remessa e os respectivos insumos, é necessário fazer uma requisição no Sistema de Informações de Insumos Estratégicos (SIES) e agendar a retirada com o Centro de Distribuição de Maceió (pelo e-mail [email protected]) ou com o Centro de Arapiraca (pelo e-mail [email protected]).

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

MAIS NO TH