Saúde

14 de abril de 2021 15:32

Estado espera iniciar vacinação contra Covid de pessoas com comorbidade nos próximos dias

Cronograma iniciará com a chegada de um novo lote com 120 mil doses

↑ Governador apresentou o quadro da situação epidemiológica no estado (Foto: Márcio Ferreira / Agência Alagoas)

Com a expectativa da chegada em Alagoas, nesta quinta-feira (15), de aproximadamente 120 mil doses de imunizantes contra a Covid-19, o Governo do Estado espera iniciar, nos próximos dias, a vacinação das pessoas com menos de 60 anos de idade e com prioridade àqueles com comorbidade. O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (14) pelo governador Renan Filho, durante entrevista coletiva no Palácio República dos Palmares, onde apresentou a situação epidemiológica do estado e falou sobre a prorrogação do decreto que manteve Alagoas na Fase Vermelha do Plano de Distanciamento Social Controlado.

“Estamos ultimando os preparativos para divulgar um cronograma que apresentará a vacinação das pessoas com menos de 60 anos, que é um grupo muito grande, robusto, e com prioridade para as pessoas com comorbidades. Esperamos, decisivamente, que o Brasil cumpra o cronograma de entrega das vacinas”, enfatizou Renan Filho.

De acordo com ele, para a vacinação dessa faixa etária com foco nas pessoas com comorbidades a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) vai dialogar com o Conselho Regional de Medicina (CRM), para que seja possível averiguar o antecedente de tratamentos de saúde dos doentes crônicos. A partir disso, o Estado vacinará os portadores de comorbidades mais graves inicialmente. A ideia também é associar idade à comprovação da existência da comorbidade e, assim, estabelecer a ordem de prioridade para a imunização.

“A gente vai priorizar as pessoas com comorbidades por idade. Se você tem um indivíduo que possui diabetes e tem 59 anos, ele tem que ser vacinado antes de um que tem 35, porque o de 59 tem mais riscos”, ponderou o governador.

Ainda de acordo com ele, do lote de 120 mil doses que deve ser enviado a Alagoas pelo Ministério da Saúde ainda esta semana, cerca de 75% será do imunizante da AstraZeneca.

Com a chegada de mais vacinas, Renan Filho também anunciou que pretende fazer uma nova chamada para as pessoas que ainda não se vacinaram contra a Covid-19, mesmo tendo idade para isso. O processo está sendo chamado de “repescagem” e tem o objetivo de “não deixar nenhum alagoano para trás”, segundo ele, no Plano Estadual de Vacinação.

“Vamos fazer uma nova chamada para essas pessoas, por isso destinaremos uma quantidade dessas vacinas para isso e o restante destinaremos para o início da vacinação das pessoas com menos de 60 anos, com comorbidades, e algumas categorias, especialmente a educação e a imprensa”, acrescentou.

Decreto

Renan Filho também comentou o decreto 73.905, que manteve todo o estado de Alagoas na Fase Vermelha do Plano de Distanciamento Social Controlado. O documento foi publicado nesta terça-feira (13), em edição suplementar do Diário Oficial do Estado (DOE).

A novidade é que bares e restaurantes ficam autorizados a funcionar até as 20h, de segunda a sexta-feira. A abertura aos finais de semana segue proibida, podendo operar apenas por delivery e no sistema Pague e Leve.

“Mantivemos o fechamento de diversos segmentos econômicos aos finais de semana, inclusive de praias, shoppings, comércio, mas com o funcionamento garantido durante a semana, o que permite um equilíbrio entre a atividade econômica e as necessidades sanitárias. E ampliamos por mais quatro horas o funcionamento de lanchonetes, restaurantes e bares, principalmente porque não há aglomeração até as 20 horas”, citou o governador.

Ele apresentou o quadro da situação epidemiológica no estado ao lado do secretário de Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques. “A gente espera, com essas medidas, observar a regressão do crescimento de mortes, de casos e também manter a ocupação da capacidade instalada estabilizada, mesmo que ainda num patamar elevado nessas próximas semanas”, finalizou.

Fonte: Agência Alagoas / Texto: Severino Carvalho

Comentários

MAIS NO TH