Saúde

28 de janeiro de 2021 17:39

Servidora que forjou vacinar idosa de 97 anos em Maceió é afastada da Secretaria de Saúde

Caso aconteceu durante um mutirão de vacinação no Parque Shopping, localizado no bairro de Cruz das Alma

↑ Servidora frauda vacinação em idosa de 97 anos (Imagem: Reprodução)

O vídeo de uma servidora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Maceió, que forjou a vacinação de uma idosa de 97 anos nesta quinta-feira (28), tem causada indignação. O caso se tornou público depois que a cuidadora filmou a vacinação, que não aconteceu. No vídeo é possível observar que a servidora fura o braço da idosa, mas não “empurra” o líquido, tirando a seringa sem aplicar a dose da vacina contra a Covid-19.

A servidora já foi identificada e afastada do cargo.

O caso aconteceu durante um mutirão de vacinação no Parque Shopping, localizado no bairro de Cruz das Almas. Após a denúncia, a neta da idosa entrou em contato com a coordenadora da vacinação e explicou a situação. A partir do vídeo ficou constatou que, de fato, a idosa não foi vacinada, e logo em seguida a própria coordenadora teria aplicado o imunizante. Tudo foi filmado novamente.

O promotor de Justiça, Paulo Henrique Prado, da 67ª Promotoria de Justiça da Capital, informou que, após ter acesso ao vídeo, entrou em contato com o secretário municipal de Saúde e que, este, por sua vez, afirmou que realmente houve uma falha. Que se trata de uma profissional antiga da Saúde, já afastada. Quanto à senhora, já foi regularizada a vacinação.

Pelo Ministério Público, o promotor instaurará uma Notícia de Fato para apurar a atitude da profissional. Há também a informação de que será instaurado pela Secretaria de Saúde, um procedimento disciplinar de conduta em desfavor da mesma.

O que diz a prefeitura?

A Prefeitura de Maceió tomou ciência com indignação sobre o caso da servidora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) que, ao aplicar uma vacina em uma idosa, não injetou o imunizante. Trata-se de um caso isolado. Assim que foi notificado, uma equipe da saúde realizou imediatamente a vacina na idosa. Informamos ainda que foi determinado o afastamento da profissional envolvida, abertura de processo administrativo para investigação do caso e o acionamento do Ministério Público Estadual para uma apuração transparente do ocorrido. A prefeitura vai ampliar a fiscalização e vai mudar o protocolo de vacinação. O profissional de saúde terá que mostrar a seringa cheia antes da aplicação e vazia após o procedimento. Juntos, vamos vencer a covid-19.

Fonte: Redação

Comentários

MAIS NO TH