Saúde

25 de janeiro de 2021 10:29

Alagoas recebe mais 12.500 doses da Coronavac nesta segunda (25)

Anúncio foi feito pelo governador Renan Filho em entrevista coletiva no Palácio República dos Palmares

↑ Ao lado do titular da Sesau, Alexandre Ayres, o governador Renan Filho anuncia a nova etapa da vacinação contra a covid-19 em Alagoas (Foto: Edilson Omena)

Mais 12.500 doses da Corinavac, produzida pelo Instituto Butantan, chegarão a Alagoas. O anúncio foi feito pelo governador Renan Filho (MDB) em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (25), realizada no Palácio República dos Palmares ao lado do titular da Secretaria de Estado da Saúde (Seau), Alexandre Ayres.

Segundo dados da Sesau, mais de 16 mil pessoas já forma imunizadas contra a covid-19 em Alagoas. Além das novas doses da Coronac, o estado também recebeu 27.500 doses da vacina da AstraZeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford e, no Brasil, com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), na noite deste domingo (24).

A prioridade a partir de agora é para a vacinação de idosos com mais de 85 anos de idade, conforme prevê o Plano Estadual de Imunização. Em Alagoas, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há pouco mais de 23 mil pessoas nesta faixa etária. Em Maceió, esse público-alvo começa a ser imunizado a partir desta quarta-feira (27).

Renan Filho destacou a importância de dar celeridade à vacinação nos municípios. “Isso é uma corrida contra o vírus. Entre 15 estados, Alagoas ficou na quinta posição em quantidade de pessoas imunizadas”.

O governador ainda ressalta que o idosos acamados serão imunizados em suas residências, seja em Maceió, seja no interior do estado. Já Alexandre Ayres destaca que a capital possui planejamento de vacinação por drive-thru e já tem pontos específicos já definidos.

O governador ainda garante a aplicação da segunda dose da Coronavac ao que já receberam a primeira. Ele ainda ressalta que os profissionais de saúde da rede privada que atuam na linha de frente no combate à pandemia serão vacinados pelas prefeituras; assim como os demais que atuam na área.

“A organização da vacinação será aplicada de acordo com a quantidade de vacinas que chegam a Alagoas”, explica Renan Filho. “Estamos acompanhando o andamento da vacinação pelas secretarias municipais de saúde e estamos abertos para receber denúncias, inclusive. É importante que a população nos ajude”, completa o governador.

Fonte: Tribuna Hoje / Carlos Amaral

Comentários

MAIS NO TH