Saúde

31 de outubro de 2020 09:23

Hospital Veredas recebe elogios de pacientes e familiares por serviços prestados em AL

Prezando pela qualidade da assistência de forma integral, Erika é exemplo entre milhares de pacientes que são assistidos na unidade hospitalar

↑ Paciente recebe todo um conforto necessário como forma de garantir saúde e felicidade

Cuidar e curar, com fé, é compromisso e propósito dos profissionais que compõem a assistência no Hospital Veredas. E este sentimento é vivenciado e reconhecido pelos pacientes e familiares assistidos. É o caso da maceioense Erika Vitória da Silva Morais.
Internada há quase três meses no Hospital Veredas, para tratamento de inchaços que surgiram após o parto do seu terceiro filho, nascido no dia 03 de agosto, nesta mesma unidade, Erika associou sua força e amor pela vida aos cuidados dos profissionais. Aguardando breve alta, sem descuidar da imagem pessoal, ela aproveita para agradecer a todos pelo carinho e atenção ao seu caso.
“Tudo começou depois do parto da minha filha. Parto tranquilo e fui para casa. Dias depois comecei a sentir um inchaço na perna esquerda. Inicialmente achamos que era do pós-parto. Fui para a UPA e encaminhada para o Veredas. A suspeita era trombose. Após medicações e exames, também apareceram as lesões na perna e braço. Foram muitos dias de luta, de estudos dos médicos sobre meu caso, com passando pela UTI Geral e Intensiva, inclusive à base de morfina. Hoje, ainda sem fechar o diagnóstico em 100%, mas possível doença autoimune, hoje estou sentindo-me ótima, aqui na clínica feminina, vitoriosa, pois nunca deixei de acreditar, e grata a todos que cuidaram de mim”, agradece Erika enquanto confere o resultado da maquiagem.
Cuidados extras – Além do amor e a saudade pelos filhos, que ficaram sob os cuidados de familiares e amigas, Erika encontrou na sua maleta de maquiagem um alento para seus dias de internamento, associado ao carinho da mãe, Edzangela da Silva, e dos colaboradores do Hospital, enchendo a paciente de mimos.
“Foram dias difíceis, principalmente no início, mas recebemos grande força de todos os profissionais: toda equipe médica, residentes, enfermeiros, assistentes sociais, psicologia, o pessoal da nutrição e limpeza, todos nos ajudando bastante, muito atenciosos. Deus usou, profundamente, todos, do grande ao menor, para a cura da minha filha e só tenho a agradecer”, reconheceu Edzangela.
Filantropia – Prezando pela qualidade da assistência de forma integral, Erika é exemplo de um dos milhares de pacientes que são assistidos no Hospital Veredas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Fonte: Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH