Saúde

24 de outubro de 2020 11:10

Dia do Dentista: valorização da profissão e reforço na biossegurança em ano de pandemia

Instituição aposta em mais biossegurança para profissionais, universitários e pacientes da clínica odontológica

↑ (Foto: Ilustração)

O próximo domingo (25) será marcado pelo Dia do Dentista e Dia Nacional da Saúde Bucal. A data foi escolhida em homenagem à criação do curso de Odontologia no Brasil, em 1884. Para lembrar da importância desta profissão para a sociedade, profissionais do curso de Odontologia do Centro Universitário Tiradentes (Unit/AL) destacam como o dentista atua na saúde da população e ressalta os cuidados necessários dos profissionais durante esta época de pandemia.

Para Sarah Lerner, dentista especialista em Dentística Restauradora e Estética e docente da Unit/AL, a profissão tem um papel fundamental na manutenção não só do bem-estar físico, mas também mental do ser humano. “Ser dentista é conseguir devolver a saúde, o sorriso, a autoestima e perceber que a vida daquela pessoa melhorou, significativamente, por causa do seu trabalho”, confidência.

Lerner destaca que, ainda que algumas pessoas não percebam, os profissionais da Odontologia são fundamentais para a prevenção e tratamento de outras doenças que vão além de cáries e tratamentos estéticos, como o câncer bucal. “Nós dentistas estamos presentes no ambiente hospitalar para cuidar e muitas vezes reconstruir uma face; atendemos pacientes especiais e, muitas vezes, somos os grandes responsáveis pela reabilitação da saúde e da autoestima do paciente”, destaca.

Durante a pandemia da Covid-19, o trabalho dos dentistas não parou e, de acordo com Sarah, o preparo desses profissionais para evitar o contágio por doenças como o coronavírus já vinha desde antes desse período. Por ser uma das profissões com maior risco de contágio por doenças virais, a biossegurança nos consultórios em tempos normais já era respeitada e levada em consideração no dia a dia.  “Precisamos de poucas adaptações diante desse cenário, e, por isso, mesmo em meio ao caos, estávamos preparados para minimizar a dor, o sofrimento e não deixar um período tão difícil ainda pior”, compartilha a dentista sobre a rotina no período pandêmico.

Atendimento gratuito à população

Na clínica de Odontologia da Unit/AL, os cuidados com a biossegurança sempre foram uma prioridade, conforme explica a coordenadora do curso de Odontologia da Unit/AL, Laura Mello Figueiredo. “As normas de biossegurança já seguidas eram o uso dos Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) básicos, como jaleco, luva, máscara cirúrgica tripla, óculos de proteção, esterilização dos materiais”, detalha.

Dentre as novidades na rotina dos professores e universitários adotadas por causa da pandemia está a adesão a EPIs reforçados, tais como aventais descartáveis, trocados a cada paciente, máscaras N95 ou PFF2 e faceshield. “Diminuímos o fluxo de pacientes na instituição e ao invés de cada aluno atender uma pessoa, está sendo uma pessoa por dupla. Separamos e distanciamos os boxes de atendimento odontológico”, lista.

O atendimento odontológico gratuito à população está disponível para pessoas acima de 4 anos de idade. O agendamento é feito pelo telefone (82) 3311-3136. Antes de ser atendido, dois questionários de sintomatologia da Covid-19 são respondidos, sendo um por telefone e outro presencial, antes da consulta, e ambos são anexados ao prontuário. Sendo negativo, o paciente é atendido normalmente. Caso seja positivo para algum dos sintomas da Covid-19, o paciente é encaminhado à UPA Doutor Ismar Gatto, no Jacintinho.

Os procedimentos disponíveis para a população incluem atendimento odontopediátrico e cirurgias, próteses, periodontia, dentística ou restauração e tratamento de canal, estes reservados aos adultos. Supervisionados por professores do curso de Odontologia, alunos do 4º período realizam radiografias; do 5º começam a realizar cirurgias; e do 6º período em diante realizam atendimento clínico.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH