Saúde

26 de maio de 2020 17:12

Covid-19: em coletiva, prefeito de Maceió e secretário destacam ações da Saúde

Rui Palmeira apelou à população para manter a quarentena e secretário destacou atendimento nas unidades sentinelas para síndromes gripais

↑ Entrevista coletiva teve um balanço das ações adotadas desde o início da pandemia (Foto: Marco Antônio / Secom Maceió)

Visando dar transparência aos cidadãos e fazer um balanço das ações da Secretaria Municipal de Saúde para o enfrentamento do novo coronavírus, o prefeito de Maceió Rui Palmeira e o secretário José Thomaz Nonô concederam entrevista coletiva online, na manhã desta terça-feira (26), para os veículos de imprensa de Alagoas.

O prefeito Rui Palmeira abriu a coletiva com informações sobre a atuação de várias secretarias do Município no combate à covid-19. Na ocasião, ele destacou os serviços disponibilizados como o Atende em Casa e Call Center da Saúde, que têm o objetivo de orientar a população e evitar a aglomeração causada por deslocamentos desnecessários às unidades de saúde.

Além das informações, o prefeito reforçou a importância do isolamento social e a necessidade da população cumprir as determinações dos decretos, que apontam as medidas necessárias à diminuição dos riscos de contágio pelo novo coronavírus.

“Essa parte de Média e Alta Complexidade é mais ligada ao Governo do Estado, mas a Prefeitura vem atuando de forma conjunta. Nós conseguimos disponibilizar leitos na Santa Casa, clínicos e de UTIs. Infelizmente, hoje esses leitos estão lotados. Por isso, sempre nosso apelo é para que as pessoas continuem nesse sacrifício do isolamento social, que é a forma de evitar esse contágio”, relatou Rui Palmeira.

O secretário José Thomaz Nonô destacou toda a rede das unidades básicas de saúde, UDAs e os mais de cinco mil atendimentos realizados pelas Unidades de Referência em Síndromes Gripais. “Essas três unidades sentinelas em operação são unidades especiais. Elas são completas, nas equipes, com equipamentos e tudo aquilo que é adequado à tarefa”.

De 4 a 24 de maio, a UBS Walter de Moura Lima (Santa Amélia) atendeu a 2.450 usuários. Deste total, 1.384 estavam aptos para realizar o teste rápido, que apresentou 348 resultados positivos.

No mesmo período, a Jorge Duarte Quintela (Graciliano Ramos) atendeu a 2.230 pacientes. Deste total, 862 estavam aptos para realizar o teste rápido, que apresentou 275 resultados positivos.

Adaptada para funcionar como mais uma Unidade de Referência para Síndromes Gripais, a USF do Novo Mundo contabilizou, entre os dias 20 e 24 de maio, mais de 1.200 procedimentos.

O secretário destacou ainda a abertura de mais duas unidades sentinelas previstas para os próximos dias. A primeira, que está em fase de finalização, será em Jacarecica. Já a segunda, que está em fase contratual, ficará próxima ao PAM Salgadinho, no Centro.

“É uma firme convicção da prefeitura que nós precisamos atentar para os momentos iniciais da doença […]. Algumas pessoas estão começando a ter medo de ir às unidades de saúde, porque acham que lá pega [a doença], o que não é bem assim. E às vezes estamos recebendo os pacientes já no estado avançado da doença, o que traz outro tipo de problema”,explicou Thomaz Nonô.

Outras ações

Rui Palmeira também abordou durante a entrevista as ações realizadas pela Prefeitura visando garantir o cumprimento dos decretos emitidos em Maceió, assim como a assistência à população. “A gente tem recebido denúncias e tem atuado também nos bairros onde detectamos o menor isolamento social e a Prefeitura tem feito isso diariamente”, informou. “A Prefeitura tem trabalhado também na desinfecção de áreas públicas, unidades de saúde, praças, enfim, áreas que têm uma grande rotatividade de pessoas, com apoio do Exército Brasileiro”, completou o gestor.

Além dessas atividades, o Município destinou kits merendas e cestas básicas às famílias de estudantes da Rede Municipal e pessoas em situação de vulnerabilidade social. E visando garantir a assistência dessas famílias, a Prefeitura já abriu o processo, por meio da Secretaria de Educação, para adquirir mais 51 kits merendas.

“Entre os kits merendas, cestas destinadas pelo Governo do Estado e também através da iniciativa privada, que foi o caso de duas mil cestas entregues a ambulantes pela Equatorial Energia, já distribuímos 65 mil cestas básicas e kits merendas para a população em situação de vulnerabilidade”, mencionou o gestor.

Papel da imprensa

Durante a coletiva, os gestores destacaram o papel da imprensa em levar informações à população e na checagem de informações.

“Gostaria de dizer a importância que a imprensa tem tido neste momento, passando informações fidedignas, verdadeiras. A gente tem sofrido tanto com a pandemia da Covid-19, quanto com as fake news, que têm atrapalhado muito a todos nós”, disse Rui Palmeira, agradecendo a atuação da imprensa.

Por sua vez, o secretário da Saúde agradeceu à imprensa a atuação na conscientização da população, informando sobre o isolamento social, para diminuir o contágio, e o uso de máscaras. “Nós precisamos informar e aí a importância da mídia. É a televisão, o rádio, o blogueiro, o comunicador de uma maneira geral, que tem feito o trabalho de informar com veracidade, critério e prudência tudo que se passa”, declarou.

Fonte: Ascom SMS / Texto: Graziela França

Comentários

MAIS NO TH