Saúde

29 de abril de 2020 14:08

Coronavírus: saiba quando procurar a Central de Triagem do Ginásio do Sesi

Teste rápido para Covid-19 só é indicado para pessoas que apresentam sintomas gripais há, pelo menos, sete dias

↑ Teste rápido só pode ser aplicado a partir do 7º dia de sintomas, pois verifica se já há anticorpos (Foto: Agência Alagoas)

A Unidade de Urgência para Síndromes Gripais, também conhecida como Central de Triagem do Ginásio do Sesi, foi criada para direcionar o fluxo de pessoas que chegam ao Hospital Geral do Estado (HGE) com sintomas de gripe para um espaço separado, a fim de evitar uma possível contaminação de pacientes e profissionais do HGE por Covid-19. Aberta 24 horas, todos os dias da semana, a Central oferece avaliação médica e realiza o teste rápido para Covid-19 nas pessoas que já apresentam os sintomas da doença há, pelo menos, sete dias.

O teste rápido só pode ser aplicado a partir do 7º dia de sintomas porque ele verifica se o organismo já produziu anticorpos contra a doença. Desta forma, a Central de Triagem não é uma central de testagem e, portanto, não é recomendado que pessoas com sintomas gripais leves procurem o local. A recomendação para quem apresenta sintomas leves continua sendo ficar em casa, em isolamento social.

Em caso de os sintomas se agravarem antes do sétimo dia, deve-se buscar uma Unidade Básica de Saúde (posto de saúde) ou uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Confira abaixo quem deve – e quando – procurar a Central de Triagem, no Trapiche da Barra:

Quem deve procurar a Central de Triagem?

Indivíduos que apresentem há, pelo menos, sete dias os sintomas gripais característicos da Covid-19 (tosse seca, febre persistente, cansaço e dificuldade para respirar). A enfermeira e coordenadora da Central de Triagem, Maryana Costa, explica que não adianta ir até a unidade simplesmente porque mora em um bairro com muitos casos confirmados, por trabalhar na área da saúde, ou, ainda, por ter convivido com alguém que testou positivo.

Por que só devemos procurar a Central de Triagem cerca de uma semana após o surgimento dos principais sintomas característicos?

Este tempo estabelecido pela ciência garante a eficácia do teste, ou seja, garante que não se tenha o indesejado “falso negativo”. Por isso, o ideal é que o teste seja realizado a partir do sétimo ou oitavo dia de sintomas, para detectar os anticorpos. De acordo com Maryana Costa, mais de 40% dos atendimentos correspondem a pessoas que não possuem o perfil para o teste rápido. Por isso, é importante ficar atento aos dias de persistência dos sintomas.

O que fazer durante esses 7 a 8 dias com sintomas da Covid-19?

O médico Franklin Pedrosa explica que a pessoa que tem algum tipo de sintoma leve, mas ainda não esteja no sétimo ou oitavo dia, deve permanecer em isolamento domiciliar e, apenas depois dos dias indicados, procurar a Unidade de Urgência para Síndromes Gripais (Central de Triagem) para realização do teste rápido. Lá, ela vai receber todas as orientações sobre como proceder. Caso os sintomas se agravem antes do sétimo dia, deve-se buscar imediatamente uma Unidade Básica de Saúde (posto de saúde) ou uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Segundo Franklin Pedrosa, poucos casos confirmados pela Central de Triagem precisaram ser encaminhados para cuidados em unidades hospitalares. “Orientamos que todos os indicados ao isolamento domiciliar se observem, tanto os que testaram positivo quanto os não confirmados. Caso apresentem algum agravamento dos sintomas, devem procurar uma unidade de saúde referenciada o mais rápido possível, apresentando o resultado do exame”.

Conheço pessoas que foram à Central de Triagem, mas não foram testadas para Covid-19. Por quê?

Essas pessoas passaram por triagem (por isso o nome “Central de Triagem”), que consiste numa avaliação médica onde a equipe identifica ou não sintomas correspondentes à Covid-19. Caso os sintomas sejam identificados e já durem mais de sete dias, tais indivíduos são testados. Do contrário, eles são devidamente medicados, se necessário, e orientados pela equipe médica.

O que fazer se a pessoa apresentar quadro gripal, mas sem os sintomas da Covid-19?

Os indivíduos que estiverem apresentando apenas sintomas leves de gripe não devem entrar em pânico. Eles devem continuar com as medidas básicas e, ainda assim, permanecer em isolamento social por pelo menos 14 dias, se hidratar e se alimentar bem, procurar orientação médica para saber quais remédios tomar ou não tomarA Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disponibiliza teleatendimento gratuito (consulta à distância) com médicos da rede pelo Alô Saúde (0800 082 0019), pelo WhatsApp do número (82) 3315-1532 e por chat no site da Sesau (www.saude.al.gov.br).

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

MAIS NO TH