Saúde

18 de novembro de 2019 18:14

Unidades de saúde do Estado fazem 4.266 atendimentos durante o feriadão

HGE cuidou de 1.099 pacientes de sexta a domingo, sendo 772 casos clínicos

↑ Deste total, o Hospital Geral do Estado (HGE) realizou 1.099 assistências, sendo 772 de casos acolhidos pelo clínico geral (Foto: Carla Cleto / Agência Alagoas)

As unidades de saúde sob a responsabilidade direta da Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) registraram 4.266 atendimentos no feriadão da Proclamação da República. Deste total, o Hospital Geral do Estado (HGE) realizou 1.099 assistências, sendo 772 de casos acolhidos pelo clínico geral.

Os acidentes casuais representaram a segunda causa para busca do maior hospital público do Estado. Foram 197 registros, seguido dos acidentes de trânsito, que se somaram nos três dias alcançando 84 ocorrências. Também foram registrados 24 casos envolvendo agressões, que podem ser corporais, por arma de fogo e por arma branca. Mais 13 casos relacionados a acidentes de trabalho, 5 queimados, 3 tentativas de suicídio e 1 afogamento.

O Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca, registrou 476 atendimentos no feriadão. Conforme relatório divulgado pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), os casos que mais chamaram a atenção foram os atendimentos a 125 vítimas de acidentes no trânsito, sendo 120 pacientes de quedas e colisões com motos.

Ainda no Hospital de Emergência foram registrados 80 atendimentos a vítimas de quedas da própria altura; um paciente sofreu agressão com arma branca (faca/facão) e foi registrada uma assistência à vítima de agressão com arma de fogo. Também foram contabilizados 21 atendimentos a pessoas com corpo estranho no olho, seis atendimentos por agressão física e 16 assistências a pacientes com picadas de escorpião e mordidas de cachorro.

Dos 476 pacientes que receberam atendimento no Hospital de Emergência do Agreste, na sexta-feira (15) até a noite deste domingo (17), 443 receberam alta médica. Foi registrado, ainda, um óbito e 32 pessoas continuaram internadas e em observação médica.

No Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram atendidas 231 pessoas na Central Maceió e 146 em Arapiraca. Segundo o setor de estatística do Samu, os casos clínicos ficaram em primeiro lugar no número de atendimentos com 91 assistências, seguido de acidentes de trânsito com 43 ocorrências na capital alagoana. Em Arapiraca os casos clínicos somaram 65 assistências, seguidas de acidentes de trânsito com 36 casos registrados.

No Hospital da Mulher, em Maceió, ocorreram 153 atendimentos, entre internações, partos, curetagens e outros.

Os ambulatórios 24 horas foram responsáveis 2.161 atendimentos sendo a unidade Denilma Bulhões, no bairro do Benedito Bentes, ficou em primeiro com 745 pacientes, seguido do Assis Chateaubriand (Tabuleiro do Martins) com 540, Noélia Lessa (Levada), 482 e Dom Miguel (Chã da Jaqueira) 394.

Fonte: Agência Alagoas / Texto: Fabiano Di Pace

Comentários

MAIS NO TH