Saúde

22 de outubro de 2019 18:45

Dia mundial de combate ao AVC contará com ações de saúde em Maceió

Evento é alusivo ao dia Mundial de Combate ao AVC comemorado em 29 de outubro cujo objetivo é alertar população em geral sobre perigos da doença

↑ Foto: Divulgação

O Hospital Memorial Arthur Ramos através da Neurointensiva vai promover nos próximos dias 26 e 27 de outubro a campanha ‘AVC não tem idade, tem prevenção e tratamento’. O evento é alusivo ao dia Mundial de Combate ao AVC comemorado em 29 de outubro cujo objetivo é alertar a população em geral sobre os perigos da doença, que é uma das principais causas de morte, incapacitação e internações em todo o mundo.

A organização mundial de AVC divulgou este ano a estimativa de que 1 a cada 4 pessoas no mundo terá AVC. O AVC pode acontecer em pessoas de todas as idades . Em cerca de 85% dos casos, o AVC é isquêmico, nele ocorre entupimento de um vaso sanguíneo ( artéria cerebral) gerando redução súbita do fluxo sanguíneo para uma parte do cérebro.
O AVC hemorrágico ocorre em 15% dos casos, quando o sangramento aparece dentro ou ao redor do cérebro.

A médica neurologista Maria Júlia Vasconcelos explica que vem ocorrido muitos casos de AVC em jovens, e em alguns isto está relacionado a um estilo de vida com maus hábitos, como por exemplo, o aumento de consumo de drogas, sedentarismo, má alimentação, ansiedade e estresse. “Além disso, no caso do jovem, temos que pesquisar causas pouco frequentes como as trombofilias, infecções, doenças reumatológicas que podem estar associadas. É importante que as pessoas reconheçam os sintomas e procurem atendimento médico o mais rápido possível”, pontuou.

Ela explica que o quadro clínico de um paciente de AVC hemorrágico ou AVC isquêmico pode ser muito semelhante e o diagnóstico só pode ser feito com auxílio de exame de tomografia ou ressonância cerebral. Os sinais de reconhecimento do AVC são: dificuldade de fala, paralisia da força de membro, tontura, dor de cabeça intensa.

“Quanto mais cedo o paciente é socorrido, maior a chance de sobrevida ou reabilitação total. O AVC é uma das doenças que mais mata no Brasil e não podemos negligenciá-la”, alertou Julia.

Ações

A população do conjunto habitacional Parque dos Caetés no Benedito Bentes receberá as ações da ONG ação AVC em parceria com o Hospital Memorial Arthur Ramos, Neurointensiva e Di-Rad no dia 26 de outubro das 10h às 13h30. No local serão promovidas palestras, atividades lúdicas e um circuito saúde.

Nos dias 26 e 27 de outubro haverá também uma ação lúdica no Parque Shopping em frente ao café São Brás onde a população aprenderá um pouco mais sobre o AVC.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH