Saúde

14 de outubro de 2019 18:48

Quase 90 mil pessoas são atendidas nas unidades da Secretaria da Saúde em setembro

Durante o nono mês deste ano, o HGE registrou o maior número de atendimentos

↑ Dos 13.364 usuários atendidos no HGE, 9.269 foram casos clínicos - Foto: Reprodução

As unidades de saúde mantidas pelo Governo do Estado atenderam 89.286 pessoas durante o mês de setembro. O balanço foi divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) na sexta-feira (11), com base em dados computados pela Superintendência de Atenção à Saúde, através das Gerências de Atenção Pré e Hospitalar.

Mais uma vez o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió, registrou o maior número de atendimentos. De acordo com o balanço da Sesau, 13.364 usuários receberam assistência, sendo 9.269 casos clínicos, que deveriam ser atendidos na Atenção Primária, cuja responsabilidade cabe aos municípios.

Do total de atendimentos registrados no maior hospital público estadual, 663 foram a vítimas de acidentes de trânsito. Os atendimentos a pacientes que sofreram acidentes de trabalho foram 196. Já as agressões físicas e por arma branca e de fogo resultaram em 192 atendimentos no HGE.

Os dados apontam, ainda, que no mês de setembro, o maior hospital público estadual atendeu 32 vítimas que atentaram contra a própria vida. Dez vítimas de violência sexual também foram atendidas no HGE, assim como 55 vítimas de queimaduras. Também foram realizadas 90 cirurgias eletivas e 26 pessoas receberam assistência especializada em otorrinolaringologia.

Assistência Farmacêutica – Com relação à assistência farmacêutica estadual, 21 mil usuários receberam medicamentos de alto custo em setembro deste ano. Quando comparado com as 19.006 pessoas assistidas em agosto de 2019, o número de atendimentos no mês passado aponta para um acréscimo de 1.994 beneficiados pelo Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (Ceaf), antiga Farmex.

“Verificamos um aumento de quase duas mil pessoas no quantitativo de usuários que recebem medicamentos de alto custo do Ceaf. Isso mostra a eficiência da assistência farmacêutica estadual, que recebeu novos investimentos de nossa gestão, uma vez que aumentamos o número de guichês de seis para dez e, além da recepção climatizada, que conta com 50 lugares, colocamos uma tenda refrigerada no pátio da unidade, que dispõe de 112 cadeiras”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres.

Assistência Pré-Hospitalar – Quanto ao atendimento pré-hospitalar estadual, os cinco Ambulatórios 24 Horas de Maceió registraram 33.309 atendimentos em setembro. O Ambulatório João Fireman (Jacintinho) atendeu 9.322 pessoas, seguido pelo Assis Chateaubriand (Tabuleiro do Martins), que prestou assistência a 7.272 usuários.

Já o Ambulatório Denilma Bulhões (Benedito Bentes) atendeu 6.480 pessoas e o Miguel Câmara (Chã da Jaqueira) assistiu 5.586 pacientes, enquanto que o Noélia Lessa (Levada) recebeu 4.649 usuários. A Clínica Infantil Daisy Breda, localizada no bairro Levada, em Maceió, atendeu 3.034 crianças e adolescentes em setembro deste ano.

Ainda de acordo com o balanço de atendimentos divulgados pela Sesau, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) assistiu 4.768 usuários no mês passado. Dos atendimentos realizados em setembro, 2.861 ocorreram por meio da Central Maceió e suas 16 Bases Descentralizadas e os outros 1.907 ocorreram através da Central Arapiraca e suas 19 Bases.

Interior – Com relação aos hospitais mantidos pela Sesau no interior do Estado, 13.811 atendimentos foram realizados no nono mês deste ano. Os Hospitais Quitéria Bezerra (Água Branca), Arnon de Melo (Piranhas) e Antenor Serpa (Delmiro Gouveia), no Sertão, prestaram assistência a 9.264 pessoas. Já no Hospital de Emergência do Agrestem em Arapiraca, foram assistidas 4.547 pessoas no período de 1º a 30 de setembro deste ano.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH