Saúde

20 de maio de 2019 16:34

Projeto “Coração de Estudante” combate mortalidade infantil

Ação promove atendimento médico gratuito a crianças de escolas públicas de Maceió

↑ Projeto promove atendimento médico gratuito a crianças de escolas públicas de Maceió (Foto: Assessoria)

Com o intuito de contribuir para a redução mortalidade infantil do estado, surgiu o projeto “Coração de Estudante”, da Fundação Cardiovascular de Alagoas. Contemplado pelo Edital Algás Social 2018-2019, a ação da Fundação envolve crianças de 0 a 5 anos em 20 campanhas em escolas de educação infantil da rede pública de Maceió.

O programa é formado por uma equipe de cardiologistas, cardiopediatras e cirurgiões cardiovasculares do Hospital do Coração de Alagoas (HCor), junto a mais de 300 acadêmicos dos cursos de Medicina da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), Centro Universitário Unit e Centro Universitário Cesmac, que trabalham voluntariamente em prol do bem-estar de crianças.

Além de atuar nas causas de cardiopatia congênita por meio do diagnóstico precoce e encaminhamento para tratamento, o “Coração de Estudante” também visa à prevenção de acidentes infantis, por meio da conscientização e estímulo a adoção de medidas de segurança por parte de familiares, professores das instituições e das próprias crianças.

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) João Batista Mascarenhas de Moraes, foi uma das instituições a receber o projeto, que promoveu atendimento às crianças e treinamento de primeiros socorros a pais e professores.

Para uma das mães que participou do treinamento na escola, a iniciativa é muito importante para conscientizar os adultos que costumam ter crianças sob responsabilidade e proporcionar mais segurança em casos de acidentes. “Gostei bastante e aprendi muitas coisas práticas que não sabia, agora posso ajudar não só meu filho, mas qualquer criança que precise de assistência”, afirma Adriana Silva.

Segundo Ottoni Veríssimo, diretor executivo da cordial e um dos idealizadores da iniciativa, os atendimentos ocorrem com o objetivo de dar o máximo de assistência à população, não apenas com o diagnóstico, mas também facilitando o tratamento.

“O projeto é permanente e as ações ocorrem toda sexta-feira. Já atendemos mais de 7.000 crianças no estado de Alagoas, se alguma alteração for identificada durante o projeto, a criança é encaminhada para o Hospital do coraçãozinho, onde vai receber atendimento e assistência gratuita.”, menciona. “Além disso, trabalhamos juntamente a mães, pais e professores, sobre a prevenção de acidentes e os primeiros socorros na infância. Queremos promover essa integração entre escola, comunidade e fundação Cordial.”, finaliza o diretor.

Para a distribuidora alagoana de gás natural, a Algás, a iniciativa desenvolvida pela Fundação Cardiovascular de Alagoas contribui para a conscientização de responsabilidade social no estado.

“O trabalho que vem sendo feito através do projeto ‘Coração de Estudante’ reforça a valorização de nossos princípios com a política social e, principalmente, estimula um amplo contato de crianças da rede pública de ensino com atendimentos médicos”, destaca o diretor presidente da Companhia, Arnóbio Cavalcanti.

Fonte: Assessoria / Natália Figueiredo

Comentários

MAIS NO TH