Saúde

11 de março de 2019 16:48

Encontro Estadual discute assistência domiciliar realizada em Alagoas

Evento ocorre nesta terça (12) e quarta-feira (13), no auditório da Unit, em Maceió

↑ SAD tem como propósito evitar a hospitalização de pacientes que podem ser tratados em casa (Foto: Carla Cleto / Ascom Sesau-AL)

Com o propósito de trocar experiências e debater os desafios enfrentados pela assistência do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD), oferecida aos pacientes do SUS, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) realiza nesta terça (12) e quarta (13), o II Encontro Estadual do Programa Melhor em Casa. O evento, promovido em parceria com o Ministério da Saúde (MS), vai ocorrer no auditório da Universidade Tiradentes (Unit), localizada no bairro Cruz das Almas, em Maceió.

O encontro, que é destinado a secretários municipais, coordenadores e outros profissionais que atuem no SAD, irá contar com a presença da coordenadora nacional, Mariana Dias. Nesta segunda-feira (12), os trabalhos serão iniciados às 14h e, na terça-feira (12), às 8h.

Segundo a assessora técnica da Sesau, Aline Morais, o SAD está disponível para assegurar assistência na residência do paciente, garantindo um atendimento humanizado. “A finalidade do programa é proporcionar conforto e a proximidade do paciente com familiares, evitando assim hospitalizações desnecessárias, além de melhorar a gestão dos leitos hospitalares”, enfatizou.

Durante a reunião serão tratados temas importantes para o programa, com foco na gestão e organização dos serviços. “A Sesau oferece apoio técnico aos municípios para implantar o programa e está preparada para auxiliar os profissionais no desempenho de suas atividades”, concluiu a assessora técnica da Sesau.

Programação – Nesta terça (12), a abertura será realizada a partir das 14 horas, com a presença de representantes da Sesau, Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e Ministério da Saúde. Na sequência haverá uma apresentação sobre a estratégia de progressos da atenção domiciliar para o SUS e um breve histórico do programa Melhor em Casa.

Após a fala do Ministério da Saúde, representantes da Sesau irão expor dados sobre a atenção domiciliar em Alagoas, além de apresentarem a experiência exitosa da implantação do SAD na cidade de Teotônio Vilela. O primeiro dia será concluído com a realização de uma roda de conversa sobre os SADs.

Já na quarta (13), as atividades serão iniciadas às 8h, com uma palestra sobre o tema “Classificando os pacientes, planejamento as visitas e assegurando a transição para a continuidade do cuidado”. Após a palestra, os presentes assistirão a uma apresentação sobre o sistema de informação vigente, seguida de um intervalo para o café.

A partir das 10h, acontece uma roda de conversa sobre os desafios enfrentados pelo programa. No período da tarde as atividades serão voltadas apenas para os municípios que foram habilitados a partir de julho de 2018, com discussão de checklist para implantação e esclarecimento de dúvidas com condução de representantes do Ministério da Saúde e Sesau.

Fonte: Ascom Sesau/AL / Texto: Fabiano Di Pace

Comentários