Saúde

14 de janeiro de 2019 18:01

Secretaria entrega óculos de grau a estudantes de escolas públicas em Maceió

Mais 65 alunos foram beneficiados com a iniciativa, que tem proporcionado qualidade de vida e de ensino às crianças e jovens

↑ Secretário Christian Teixeira entrega os óculos para o estudante Lucas Ferreira (Foto: Reprodução)

A partir de agora, 65 estudantes de 7 a 14 anos da Escola Estadual Professora Adeilza Oliveira e da Escola Municipal Dom Miguel Câmara, em Maceió, não terão mais dificuldades para enxergar. Nesta segunda-feira (14), eles foram contemplados com óculos adquiridos pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), durante solenidade realizada na Escola Estadual Professora Adeilza Oliveira, na Chã da Jaqueira.

Durante a solenidade, o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, destacou que o projeto – iniciado pelo governador Renan Filho em 2016, durante o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) – tem proporcionado mais qualidade de vida e de ensino aos estudantes alagoanos, com menos violência e, sobretudo, mais saúde e educação.

“Um estado desenvolvido precisa de alunos que tenham maior aproveitamento na escola, para que, no futuro próximo, se tornem excelentes profissionais no mercado de trabalho. Estamos fazendo com que essas crianças e adolescentes possam usufruir, da melhor forma possível, do serviço ofertado pela Sesau. Esses óculos não vão ajudá-los apenas a enxergar melhor, mas eles representam o futuro de vocês”, afirmou o gestor, recebendo aplausos das crianças e dos pais.

Também presente à cerimônia, o reitor da Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal), professor Henrique Costa, relembrou que, durante sua fase escolar, sempre sentia dificuldade para ler o que estava escrito no quadro-negro e, por conta disso, suas notas nas disciplinas eram baixas. Depois que começou a usar lentes corretivas, seu desempenho melhorou, chegando até a ser representante de turma. “Tenham certeza que, com o uso dos óculos, vocês vão ter uma melhora significativa na concentração”, declarou.

Na primeira etapa do projeto, os alunos fizeram o exame de acuidade visual na própria unidade escolar. Essa pré-avaliação detecta problemas com a visão, especialmente o grau de aptidão do olho para discriminar a forma e o contorno dos objetos. As crianças que apresentaram alguma alteração no exame foram encaminhadas para o Centro Especializado em Reabilitação (CER) da Uncisal, no Trapiche da Barra, onde passaram por exames com um oftalmologista.

Os que tiveram indicação para lente de grau estão sendo contemplados com óculos doados pela Sesau. Durante a entrega dos óculos, os pais são orientados sobre o uso, a manutenção e a limpeza das lentes, compartilhando, dessa forma, a responsabilidade com as crianças.

Beneficiados

Os olhinhos do pequeno Lucas Ferreira da Silva, 9 anos, estudante da Escola Municipal Dom Miguel Fenelon Câmara, saltaram de felicidade quando ele recebeu, das mãos do secretário Christian Teixeira, os óculos de armação oval que tanto queria. O menino, que cursa o 4º ano do Ensino Fundamental, sempre usou óculos.

De acordo com a mãe, Adeilda Tavares da Silva, após se queixar de vista embaçada e fortes dores de cabeça, o filho foi diagnosticado com miopia por um oftalmologista. No entanto, em dezembro do ano passado a armação dos óculos quebrou e, por conta disso, sua visão ficou comprometida novamente.

“Eu fiz um remendo, mas não ficou bom. A renda familiar vem exclusivamente do pai. A gente não teria condições de comprar novos óculos, pois, no final de ano, tem roupa, calçado e material escolar. É muito gasto. Graças a Deus, ele foi beneficiado com esta ação e conseguiu uma armação novinha. A visão do meu filho vai estar novamente em dia”, agradeceu a mãe do garoto, emocionada.

Para Lucas, os novos óculos vão ajudá-lo a enxergar melhor, como também a se dedicar mais às disciplinas favoritas, que são matemática e educação física. “Eu tenho que sentar na frente para entender o que o professor escreve. Estava ansioso pelo modelo que escolhi”, disse.

A vaidosa Grazyele Gonçalves Silvestre, de 10 anos, ficou muito feliz quando colocou os óculos de armação cor vermelha no rosto. “Nunca usei óculos na vida. Sempre tive problemas para enxergar de longe e isso me prejudicava em prestar atenção durante as aulas”, disse.

Segundo a mãe da menina, Maria José Gonçalves, que não conteve a emoção ao ver sua filha recebendo os óculos do secretário Christian Teixeira, comprar os óculos seria impossível, uma vez que ela depende do Programa Bolsa Família. “Nunca teria condições de comprar óculos de grau para a minha filha, porque, além dela, tenho mais cinco filhos que moram comigo. Serei eternamente agradecida por essa iniciativa”, contou.

Mais 43 óculos

Em dezembro passado, 43 crianças da Escola Estadual Engenheiro Edson Salustiano, no Jacintinho, receberam óculos de grau da Sesau. Graças à implementação do projeto, a qualidade de vida desses estudantes melhorou e as taxas de evasão decorrentes de dificuldades visuais estão sendo reduzidas.

Além do secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, e do reitor da Uncisal, professor Henrique Costa, também participaram do evento a assessora técnica de Ações Estratégicas da Sesau, Vera Moreira; o superintendente de Atenção à Saúde, José Medeiros; o diretor da Escola Estadual Adeilza Oliveira, Cícero Pinheiro; e a coordenadora da Escola Municipal Dom Miguel Fenelon Câmara, Edna Omena de Lucena.

Após a entrega dos óculos às crianças e aos adolescentes, o secretário Christian Teixeira aproveitou o momento para visitar as instalações do Ambulatório 24 Horas Dom Miguel Câmara, onde conversou com pacientes e profissionais.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH