Saúde

1 de setembro de 2017 17:57

Hemodiálise: coordenação debate transporte de pacientes

Atualmente, 350 pacientes fazem uso desse transporte para se deslocar às sessões de hemodiálise

No intuito de estimular uma relação de harmonia e a humanização do trabalho dos profissionais responsáveis pelo transporte de pacientes, a Coordenação de Hemodiálise da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizou o II Encontro Motivacional e Educativo com os condutores de vans que atuam nessa área no município.

Na reunião, conduzida pela coordenadora Marinalva Acioli, 12 dos 23 condutores ligados ao setor foram estimulados a fazer um relato do desenvolvimento de suas atividades no dia a dia do serviço e da convivência com os pacientes, assim como a dar sugestões para a melhoria desse trabalho.

“No transporte dos pacientes, os profissionais lidam constantemente com situações de estresse: o trânsito, o horário corrido e, principalmente, o alto risco decorrente da enfermidade, que denota a importância da atividade deles nesse processo. Por isso, procuramos acompanhá-los continuamente para que essa relação seja o mais equilibrada e saudável possível”, afirmou Marinalva.

A psicóloga da SMS, Karina Moura, realizou uma dinâmica com os profissionais, incentivando-os a compartilhar os sonhos e objetivos que tinham para colocar em prática no futuro. O exercício revelou inúmeras habilidades pessoais e foi utilizado como ponto de partida para as orientações da psicóloga, de como saber buscar esses objetivos com qualidade de vida.

O encontro – que terá uma segunda etapa em breve, para envolver os demais condutores da Coordenação – foi encerrado com um lanche e a distribuição de um kit de higiene (máscara, luva e álcool em gel). A iniciativa foi considerada positiva , tanto pela Coordenação quanto pelos condutores.

“Acho importante a Coordenação ter a preocupação de nos orientar e também ouvir nossas dificuldades”, disse o motorista Erivaldo Ferreira.

O transporte 

Atualmente, 350 pacientes fazem uso desse transporte para se deslocar às sessões de hemodiálise, que acontecem diariamente, de segunda a sábado, incluindo feriados, em três turnos diferentes.

A coordenadora do serviço explica que para ter acesso ao transporte do município, o paciente precisa fazer a solicitação por meio de processo administrativo. O processo é aberto no setor de protocolo da SMS, onde é necessário preencher uma ficha cadastral e apresentar o atestado médico solicitando o transporte e identificando sua necessidade, comprovante de residência, Cartão SUS, RG e CPF.

Com o procedimento encaminhado, a Coordenação de Hemodiálise realiza uma visita domiciliar para conhecer e constatar as necessidades do paciente, tornando-o apto para a inclusão no serviço, seguindo critérios como data de entrada do processo, condições de saúde do paciente e rotas dos veículos.

Fonte: Fonte: Secom/Maceió

Comentários

MAIS NO TH