Saúde

19 de maio de 2017 19:50

Vacinação contra a gripe segue neste final de semana em Maceió

Neste fim de semana, serão abertos os postos de vacinação do Shopping Pátio (Benedito Bentes), Maceió Shopping (Mangabeiras), Parque Shopping (Cruz das Almas) e do Supermercado Extra (Gruta de Lourdes)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), com o objetivo de atingir 90% do público-alvo definido para a imunização contra o vírus da Influenza (gripe), por meio da Gerência de Imunizações, reforça que neste sábado (20) e domingo (21) estará com sua equipe volante mobilizada para vacinar o público-alvo da campanha.

Durante este fim de semana, serão abertos os postos de vacinação do Shopping Pátio (Benedito Bentes), Maceió Shopping (Mangabeiras), Parque Shopping (Cruz das Almas) e do Supermercado Extra (Gruta de Lourdes). No sábado, estes postos funcionam das 10h às 21h e no domingo de 14h às 20h. Além disso, no sábado, das 8h às 17h, 21 equipes realizam busca ativa nas áreas de difícil acesso, casa a casa, das pessoas dos grupos prioritários que ainda não se vacinaram e uma equipe volante estará realizando a vacinação de acamados no domicílio.

Segundo a gerente de imunizações do município, Eunice Raquel Amorim, a campanha vai até o dia 26 de maio e até o momento Maceió está com cobertura de 41.22%. “Esse percentual corresponde a 79.436 de pessoas vacinadas, de uma população de 192.731 e com uma meta de 90% a ser alcançada. Então é preciso que a população entenda que a imunização é importante e procure os locais para se vacinar, pois o vírus está em circulação e o organismo necessita desse reforço anual”, afirmou.

Público-alvo

O público-alvo preconizado pela campanha compreende crianças de seis meses a menores de 5 anos, idosos a partir dos 60 anos, gestantes, trabalhadores da saúde, puérperas (mulheres com até 45 dias pós-parto), população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, além de portadores de doenças crônicas.

Gripe

Causada pelo vírus Influenza, a gripe é uma infecção do sistema respiratório e por mais que não seja considerada uma doença grave, pode levar à morte, sobretudo quando aparece associada a outras complicações mais graves, como traqueobronquite ou pneumonia, esta responsável por um grande número de internações hospitalares no país.

O Brasil é um dos poucos países a oferecer, desde 1999, a vacina gratuitamente, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o Ministério da Saúde, a imunização anual pode evitar de 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da Influenza. O MS recomenda ainda que, em qualquer suspeita, o paciente procure imediatamente orientação médica.

Comentários

MAIS NO TH