Saúde

24 de abril de 2017 11:27

UE do Agreste e HGE atendem mais de 1.500 pessoas durante feriadão de Tiradentes

Mais da metade dos atendimentos foi de casos clínicos

↑ Samu fez o socorro do trabalhador para o setor de queimados do HGE (Foto: Arquivo TH)

Os dois maiores hospitais públicos de Alagoas atenderam a 1.560 pessoas durante o feriadão de Tiradentes, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira (24) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Da sexta-feira (21) até as 23h59 do domingo (23), a Unidade de Emergência do Agreste recebeu 417 usuários e o Hospital Geral do Estado (HGE) atendeu 1.143 pessoas.

Do total de atendimentos realizados pelo HGE, 821 foram casos clínicos, que mesmo não sendo o público-alvo dos hospitais de urgência e emergência receberam assistência integral durante o feriadão. Também foram atendidas 189 vítimas de acidentes casuais, 75 de acidentes de trânsito e 37 por agressões em decorrência de arma branca e de fogo.

Ainda durante a sexta (21), sábado (22) e domingo (23), o HGE atendeu 12 vítimas de acidentes de trabalho, duas feridas por queimaduras, uma por afogamento e uma por estupro. Neste período, ainda de acordo com o relatório emitido pela Sesau, foram realizados 33 procedimentos cirúrgicos.

UE do Agreste

Já na Unidade de Emergência do Agreste, das 417 pessoas atendidas no feriadão de Tiradentes, foram 83 vítimas de colisões e quedas de motos. Também foram atendidos 82 casos de pessoas que caíram da própria altura.

Quatro pessoas receberam atendimento por conta de agressão com arma branca e cinco por arma de fogo. A Unidade de Emergência do Agreste também registrou o atendimento a oito vítimas de picada de escorpião. No período, 390 pacientes receberam alta médica, não foi registrado nenhum óbito e 27 pessoas continuam internadas.

Samu

Já o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizou 342 atendimentos de sexta a domingo. Deste total, foram socorridas 72 vítimas de acidentes de trânsito, sendo 38 pela Central Arapiraca e 34 pela Central Maceió.

No período, os socorristas atenderam nove vítimas de arma de fogo, sendo seis pela Central Maceió e três pela Central Arapiraca. Já os atendimentos por arma branca foram sete, sendo seis em Maceió e um em Arapiraca.

Os atendimentos psiquiátricos totalizaram 15. Destes, 12 foram registrados em Maceió e três em Arapiraca. Na Central de Maceió foram recebidas 4.303 ligações e em Arapiraca 1.292 ligações.

Fonte: Agência Alagoas

Comentários

MAIS NO TH