Saúde

27 de janeiro de 2017 12:42

Diferenciar dengue, chikungunya e zika agiliza tratamento e ajuda recuperação

Servidor público José Augusto Ermery relatou seu caso após presença em evento

“Muita gente ainda pensa de forma simplista que a dengue mata, a zika provoca defeitos [congênitos em bebês] e a chikungunya apenas aleija. É um erro. Se não houver o diagnóstico e tratamento corretos a chikungunya pode matar, sim”, comentou a bióloga Flavia Barreto dos Santos, da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz).

Para ajudar você a diferenciar essas três doenças, publicamos um infográfico (confira ao lado) com os principais sintomas que acometem os pacientes.

Presente no 2º Ciclo de Arboviroses, realizado na Santa Casa de Maceió, o servidor público José Augusto Ermery relatou seu caso e confirmou as informações apresentadas no evento.

“Tive a ‘sorte’ de ser acometido pelas três doenças ao mesmo tempo. Há um ano venho me recuperando dos efeitos. O que mais marcou esse período foram as fortes dores nas articulações, que no início me impediam de fazer coisas simples como vestir uma camisa ou sentar”, comentou o servidor público, lembrando que resta apenas as dores no joelho para ficar 100% curado. Ele teve sorte, porque alguns pacientes estão há 12 anos se recuperando dos sintomas.

Outras informações sobre as três doenças (Imagem: Divulgação)

Fonte: Assessoria / Santa Casa de Maceió

Comentários

MAIS NO TH