Política

16 de abril de 2021 14:33

Deputada Federal de AL é eleita Procuradora Geral da Mulher da Câmara dos Deputados

Tereza Nelma foi eleita na noite de quinta-feira (15), com 72,6% dos votos da bancada feminina, composta de mulheres de todos os partidos

↑ Tereza nelma, Deputada Federal (Foto: Assessoria)

A deputada federal Tereza segue se superando na sua atuação como parlamentar na Câmara de Deputados, onde é a única mulher alagoana. Ela foi eleita, na noite de ontem, com 72,6% dos votos da bancada feminina, composta de mulheres de todos os partidos, para ocupar o cargo de Procuradora Geral da Mulher na Câmara dos Deputados no biênio 2021-2022. Recentemente Tereza Nelma também foi eleita por aclamação coordenadora da bancada federal de Alagoas.

A deputada Celina Leão (PP) também foi eleita Coordenadora Geral da bancada de mulheres, nessa articulação, derrotando a médica bolsonarista Soraya Manato, obtendo 66,2% dos votos.

Tereza participou da articulação que uniu deputadas progressistas e de centro, contra bolsonaristas. Ela derrotou a policial Katia Sastre, cabo da PM de São Paulo, que se tornou famosa por matar a tiros um jovem de 21 anos, que tentava assaltar uma escola.

Após o resultado, a deputada Tereza Nelma, visivelmente emocionada, disse que, junto com todas as parlamentares, vai construir uma gestão focada em proporcionar mais espaços para mulheres na política e mais proteção para as brasileiras em geral. “Precisamos desenvolver mais entre nós o que os homens têm entre eles: a cumplicidade. Não podemos guerrear entre nós, precisamos somar mais”, frisou a nova procuradora.

Tereza também agradeceu a parceria da deputada professora Dorinha (DEM-TO), que deixou o cargo de Coordenadora da Mulher e com quem caminhou junto nos últimos dois anos ocupando o cargo de 1ª coordenadora adjunta da Secretaria da Mulher. E agradeceu pela confiança das deputadas demonstrada na expressiva votação. “Estou muito feliz e só agradeço a todas pelo apoio. As deputadas e todas as mulheres brasileiras podem contar com meu esforço e com a minha força de trabalho”, disse Nelma.

A deputada vai representar as 79 parlamentares na Câmara – um desafio, pois esse é o maior número de deputadas exercendo a função na história do Brasil. A Procuradoria da Mulher foi criada em 2009 e agregada à Secretaria da Mulher, esta fundada em 2013.

É função da procuradora da mulher zelar pela participação mais efetiva das deputadas nos órgãos e nas atividades da Câmara, além de fiscalizar e acompanhar programas do Governo Federal, receber denúncias de discriminação e violência contra a mulher e cooperar com organismos nacionais e internacionais na promoção dos direitos da mulher.

Propostas

Entre suas propostas de atuação, Tereza disse que vai “trabalhar para a implantação de Procuradorias da Mulher em todas as Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais do país, através do Programa Câmara Itinerante. Também vamos garantir orçamento para a Procuradoria da Mulher nos moldes das comissões permanentes e criar um observatório de violência política contra a mulher, inspirada no que já existe no Senado.”, disse a deputada.

Outro compromisso da sua gestão é a de se articular constantemente com o Conselho Nacional de Justiça – CNJ, para que mais varas especializadas em violência doméstica sejam abertas.

“Precisamos, principalmente, fortalecer nossa participação na Casa através da garantia de assento permanente dessa Procuradoria na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados”, defendeu Tereza Nelma.

Fonte: Assessoria

Comentários

MAIS NO TH