Política

22 de janeiro de 2021 13:12

Cosems-AL desmente postagem inverídica de deputado Davi Maia

Parlamentar disse que municípios estão desamparados pelo governo em relação à logística de vacinação contra Covid

↑ Deputado estadual Davi Maia (DEM) (Foto: Reprodução Internet)

Uma publicação nas redes sociais do deputado estadual Davi Maia (DEM) tem sido repercutida, de forma negativa, junto aos municípios alagoanos. O parlamentar, sem qualquer responsabilidade de apuração dos fatos, postou que “os 102 municípios estão abandonados e que apenas receberam os imunizantes do Governo de Alagoas”.

O post do parlamentar não condiz com a verdade. A prova disso é que o presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems), Rodrigo Buarque, desmentiu Davi Maia, ao divulgar, em nota oficial, que o Governo de Alagoas tem dado apoio diário aos municípios alagoanos tanto na logística quanto na distribuição da vacina contra a Covid-19.

“O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems/AL), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau), vêm apoiando diariamente os municípios alagoanos com a logística de entrega e distribuição das vacinas contra a Covid-19. Importante salientar que a Sesau providenciou o transporte seja terrestre ou aéreo para que as vacinas chegassem o mais rápido possível em cada recanto do Estado”, diz o primeiro trecho da nota.

O Cosems vai além e reforça o quanto a Secretaria de Estado da Saúde tem sido aliada dos municípios, sobretudo no combate à pandemia da Covid-19. O presidente do Conselho, que também é secretário Municipal de Saúde de Jundiá, Rodrigo Buarque, destacou que as gestões municipais receberam, por exemplo, Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e testes rápidos que foram distribuídos em aproximadamente três milhões de unidades.

“O governo deu incentivo financeiro para a criação de leitos clínicos e com respirador mecânico e às Unidades de Pronto Atendimentos (UPAs), também a leito clínico de Enfermaria para pacientes suspeitos ou diagnosticados com a doença; bem como a diária de leitos clínicos de Enfermaria para hospitais sob a gestão municipal”, afirmou o presidente do Cosems/AL.

De acordo com ele, o Hospital da Mulher se tornou referência para pacientes com Covid-19; o Hospital Regional do Norte teve sua inauguração antecipada para atender exclusivamente pacientes da 2ª Região de Saúde, desafogando o serviço do Hospital Geral do Estado. Além disso criou o Hospital de Campanha Celso Tavares para pacientes com síndrome gripal.

Vale ressaltar que no início da pandemia o Estado foi contemplado com R$ 9 milhões e repassou integralmente para os municípios por meio de pactuação com o Cosems. Com o advento da portaria R$ 3896 de 30/12/2020 que transfere aproximadamente R$ 23 milhões para a Sesau, o Cosems visando atender as necessidades dos 102 municípios e garantir os serviços essenciais e de urgência neste momento crítico, tem dialogado com a Sesau e provavelmente o Estado repassará 70% destes recursos para os municípios alagoanos.

Fonte: Da redação com assessoria

Comentários

MAIS NO TH