Política

3 de dezembro de 2020 08:02

JHC e Rui iniciam transição em Maceió

Documentos e balanços estão sendo requisitados com base nas normas aplicadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Alagoas

↑ JHC e Rui Palmeira informaram que apesar do tempo curto de transição, esforços estão concentrados para a entrega de documentos da gestão (Foto: Assessoria)

O prefeito eleito de Maceió, JHC (PSB) esteve reunido nesta quarta-feira (2) pela primeira vez com Rui Palmeira (sem partido), que conclui neste ano seu segundo mandato como gestor da capital de Alagoas, para iniciar oficialmente a transição da gestão municipal. Os coordenadores de transição Íria Almeida, secretária municipal do Gabinete de Governança, e deputado estadual Davi Maia também estiveram presentes. O encontro aconteceu na sede da Prefeitura, no bairro do Jaraguá.

De acordo com o portal da Prefeitura de Maceió, o trabalho será coordenado pela Comissão Missão de Transição de Gestão, que será composta por cargos em comissão, servidores efetivos e representantes da nova gestão. A composição será publicada no Diário Oficial do Município até o dia 04 de dezembro.

A abertura da reunião ficou por conta do então prefeito Rui Palmeira, que pontuou como o trabalho de transição será desenvolvido. Ele destacou a equipe montada por JHC.

“O prefeito eleito João Henrique Caldas montou uma equipe com pessoas que conhecem a Prefeitura e a administração pública. Eu acho que o nosso maior inimigo é o tempo, pois são apenas cerca de três semanas até a véspera de Natal. Então é preciso que a equipe esteja alinhada para passar todas as informações requeridas pelo gestor eleito e sua equipe de transição”, disse.

Já JHC ressaltou apesar do tempo ser curto, sua equipe junto com a atual administração tem se empenhado bastante para poder promover o bem-estar da população.

“Estamos dedicados, com uma equipe extremamente competente, capacitada, gabaritada para o posto. De forma célere e atuante, com o respaldo necessário da atual gestão, vamos buscar as informações necessárias para o real diagnóstico fiscal, contábil e financeiro da Prefeitura, o que deve impactar nas decisões do início do novo governo”, frisou.

Ainda durante o encontro, em entrevista para a imprensa, o prefeito eleito disse que não pretende demorar para anunciar os secretários e que isso pode acontecer agora, no início da transição. JHC tem destacado que os nomes terão um perfil técnico, mas que gostem de gente, atuando para facilitar as relações entre as pastas e as pessoas.

À Tribuna, o coordenador da transição da gestão que terá início em janeiro, deputado Davi Maia (DEM), destacou o que a equipe vem solicitando da atual administração.

“A gente está solicitando em resumo aqueles documentos que o TCE já publicou, contratos, licitações, obras, convênios, esses documentos administrativos padrão. É basicamente o que está na normativa do Tribunal de Contas do Estado. A prefeitura está correspondendo sim. Ontem tivemos a primeira reunião. Ainda está um negócio muito embrionário, mas está andando de uma maneira muito harmônica e muito democrática, institucional. Estou contente com esse início”.

Durante a reunião, foi apresentado o cronograma de reuniões. Serão mais de 20 encontros setoriais onde serão passados todos os dados de cada pasta.

Fonte: Tribuna Independente / Carlos Victor Costa

Comentários

MAIS NO TH