Política

1 de dezembro de 2020 19:50

Juiz decreta prisão preventiva de ex-vereador detido por embriaguez ao volante

↑ Paulo Corintho - Reprodução

Nesta terça (1), a Justiça converteu em preventiva a prisão em flagrante do ex-vereador por Maceió, Paulo Corintho Martins da Paz. Ele foi preso na madrugada desta terça-feira (1), na Jatiúca, por suspeita de embriaguez ao volante, direção perigosa e tentativa de suborno. Coritnho deve ser encaminhado para o Sistema Prisional Alagoano.

Na decisão, o juiz Antônio José Bittencourt Araújo pondera que a prisão foi efetuada legalmente e que a materialidade delitiva encontra-se perfeitamente comprovada no Termo de Constatação de Alcoolemia e pelo depoimento policial. “No que tange à autoria, os indícios são mais que suficientes, bastando a leitura dos depoimentos coligidos para confirmar tal assertiva”, pontua o magistrado.

Paulo Corintho foi preso em flagrante por embriaguez ao volante e corrupção ativa. Segundo os policiais, o ex-vereador ofereceu R$ 100 para ser liberado, durante a madrugada. Os militares estavam em um posto de combustíveis, onde Corintho chegou e saiu cantando pneus. Os policiais seguiram o carro e deram ordem de parada, mas não foram obedecidos. O ex-parlamentar só parou o veículo após ser “fechado” por uma viatura.

A defesa de Paulo Corintho declarou que está entrando com pedido de habeas corpus para recorrer da decisão.

Fonte: Redação

Comentários

MAIS NO TH